FINANCIADORES: Moraes prorroga por 180 dias inquérito sobre autores intelectuais do 8/1

Um dos alvos do inquérito é o ex-presidente Jair Bolsonaro, incluído na investigação a pedido da PGR depois de publicar vídeo nas redes sociais

FINANCIADORES: Moraes prorroga por 180 dias inquérito sobre autores intelectuais do 8/1

Foto: Reprodução

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por 180 dias o inquérito que investiga autores intelectuais e instigadores dos ataques de 8 de janeiro.

 

Moraes atendeu pedido da Polícia Federal (PF), que solicitou mais prazo para concluir “diligências em andamento”.

 

Um dos alvos deste inquérito é o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Ele foi incluído por Moraes, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), depois de publicar um vídeo em seu perfil no Facebook com desinformações e contestação ao resultado das eleições de 2022.
 
Essa investigação também identificou as pessoas que estavam acampadas em frente ao Quartel-General do Exército, em Brasília, no contexto dos atos de 8 de janeiro.
 
Parte do grupo, formado pelos que são considerados “instigados”, foi denunciado por crimes menos graves, como incitação ao crime e associação criminosa.
 
O STF tornou réus cerca de 1.100 pessoas. Nesses casos, Moraes autorizou a suspensão dos processos para que a PGR avaliasse a possibilidade de celebrar acordos.
 
O Supremo já validou 38 acordos. O acerto impede a condenação dos acusados, desde que eles confessem os crimes e cumpram regras como participar de curso sobre democracia, pagar multa e prestar serviços à comunidade.
Direito ao esquecimento
Como você classifica os serviços da Energisa?
Como você classifica a gestão do prefeito Hildon Chaves em Porto Velho?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS