APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

“Tabelinha” ainda sofreu queimaduras tentando salvar o pouco que tinha

APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

Foto: Divulgação

 

O apicultor Moacir Tobias de Moraes, de 72 anos, mais conhecido como “Tabelinha”, precisa de ajuda pois teve o galpão onde mora parcialmente destruído por um incêndio na madrugada do último domingo em Vilhena (RO).

 
Moacir, que sofreu queimaduras de terceiro grau em várias partes do corpo ao pular no meio das chamas em um ato de desespero para salvar o pouco que tinha, além de precisar de utensílios domésticos, como panelas e talheres, também necessita de medicamentos, como pomadas e analgésicos, pois sente fortes dores devido as lesões que sofreu.
 
A geladeira e fogão de Moacir foram totalmente destruídos pelas chamas, assim como seu material de trabalho, tendo ele afirmado que o que lhe faz mais falta é o fumegador com o qual lidava com as abelhas, de onde retira parte de se sustento.
 
Com a esposa internada com Covid-19, o apicultor pede ajuda para conseguir comprar seus instrumentos de trabalho  e doações de utensílios domésticos, pois está tendo que recomeçar do zero.
 
Quem tiver interesse em ajudar, seja com financeiramente ou com doações de alimentos/ objetos para o lar é só procurá-lo na rua Maranhão no Setor 19, em frente ao depósito de areia, ou ligar no telefone (69) 9 9943-5606 / 9 9964-4147.

Galeria de Fotos da Notícia

APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

APELO: Com esposa internada, apicultor perde tudo em incêndio e pede ajuda para recomeçar

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

MEDICAL FORM LTDA

V DA S Parnaiba

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS