UNIRON: Acadêmicas do curso de Psicologia desenvolvem projeto em escolas públicas

Todo o trabalho é supervisionado pela Psicóloga Francléia Nazaré, que atua nesta área de conhecimento há mais de 3 décadas.

UNIRON: Acadêmicas do curso de Psicologia desenvolvem projeto em escolas públicas

Foto: Da esquerda para a direita: Débora, Tanay e Vanessa.

O curso de Psicologia da UNIRON iniciou 2021 com a oferta de estágio para os seus acadêmicos. E já começoucom um grande desafio: desenvolver a disciplina de Estágio Básico I, com os discentesdo 7º período da primeira turma. Nesse sentido, foi proposto a criação de diversos projetos, onde os participantestiveram a liberdade para escolher o tema e o público alvo. Essa necessidade nasceu em decorrência da pandemia, pois a intenção de aliar teoria à prática, fez com que buscassem alternativas para qualificar o processo ensino-aprendizagem. 
 
As acadêmicas Débora Alessandra da Silva Castro, Tanay Tapajós Dias e Vanessa Félix da Silva, após estudarem alguns temas e realizarem pesquisas, resolveram focar no atendimento aos Professores de escolas públicas de ensino médio no município de Porto Velho. O passo seguinte, foi visitar in loco várias escolas, para saber a necessidade dos Docentes de cada uma delas. 
 
A primeira escola foi a Maria Carmosina Pinheiro. Em contato com o Vice-Diretor,Alexandre de Albuquerque Tavares Braga, foi apresentado a proposta de trabalho a ser ministrado através de oficina virtual, para tratar sobre as temáticas de ansiedade, depressão e estresse. De comum acordo, o trabalho foi feito no último dia 28 de abril, com a presença de mais de uma dezena de professores, além da Diretora da Escola e Coordenadora do curso de Psicologia da UNIRON, respectivamente Professoras Albaniza Menandro e Francléia Nazaré Correia Silva.
 
Colaborativamente, os temas foram abordados de forma teórica e os participantes puderam fazer analogia com os sintomas que estavam sentindo.  Isso permitiu identificar o que de fato é ansiedade, estresse e depressão. A partir de então, as discentes repassaram orientações para o tratamento e enfatizaram o papel do Psicólogo nesse contexto, bem como os locais onde poderão buscar auxílio. No passo seguinte, as acadêmicas fizeram o acolhimento ao público presente, e os mesmos puderam expor seus sentimentos a respeito do que foi tratado. 
 
Todo o trabalho é supervisionado pela Psicóloga Francléia Nazaré, que atua nesta área de conhecimento há mais de 3 décadas. Agora o desafio é ampliar o número de escolas para qualificar o aprendizado das discentes.
 
Para Débora, que se emociona ao falar da sua maior paixão, que é a Psicologia, relata, “É um momento que esperei muito, pois tenho enorme expectativa em atuar na prática. Gosto muito de trabalhar com comunidade, de levar algo que possa auxiliar outras pessoas, e, fiquei muito feliz e lisonjeada em participar desse momento, e poder levar um pouco do que estou aprendendo na teoria, e que isso poderá minimizar o sofrimento das pessoas. Ao identificar as patologias de cada um, poderão intervirpara melhorarem a sua qualidade de vida. Isso poderá evitar que as pessoas tenham que tomar medicamentos”. 
 
Já Tanay, conta que está feliz em poder atuar na prática. Segundo ela, “Quanto mais praticamos, mais experiência adquirimos e assim vamos nos aperfeiçoando. Me senti importante, pois falamos para um público de Professores, que necessitam muito desse apoio, e, poder colaborar nesse momento, me deixou satisfeita. Inclusive eles nos agradeceram, e, pelo fato de terem sido os pioneiros, se sentiram enaltecidos. Quem não serve para servir, não serve para viver, e nós enquanto pessoas, precisamos ajudar o próximo. Só o fato de ouvi-los, já estamos colaborando, principalmente nesse momento que a pandemia está causando muito sofrimento nas pessoas. Nós que estamos sendo preparados para lidar com o comportamento e a mente humana, somos os profissionais mais adequados para colaborar nesse sentido.”
 
A futura Psicóloga Vanessa, sente-se grata por fazer parte desse projeto. Para ela, “Foi ótimo o apoio da Coordenação, pois nos permitiu escolher o tema. Podermos colaborar com os professores que estão exaustos e precisaram se reinventar por conta desse momento, é muito gratificante. Percebemos que a mudança que tiveram que absorver, impactou no emocional deles e aumentou o estresse, a ansiedade, gerando muitas vezes insônia, e, auxiliá-los para superar essa realidade, nos fez enxergar um pouco de como será a nossa responsabilidade quando estivermos atuando de forma profissional.”
 
Para o Vice-Diretor da Escola Maria Carmosina Pinheiro, Alexandre, que atua diretamente no setor Pedagógico, a parceria com o curso de Psicologia da UNIRON tem sido positiva.  Segundo relata “O primeiro contato com os Acadêmicos de Psicologia ocorreu ainda no ano de 2019, quando nos procuraram para desenvolver um trabalho com os nossos alunos do turno da tarde sobre o BULLYING. Nascia ali uma parceria que nos trouxe à data de 28 de abril de 2021, onde mais uma vez tivemos a grata presença dos acadêmicos de Psicologia para mais uma palestra, desta vez direcionada aos nossos Professores da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Através de contato com a Acadêmica Débora, por telefone e posteriormente presencial, acertamos a data e horário para este encontro virtual com nossos Professores. O tema abordado (Aconselhamento Psicológico remoto em tempos de Pandemia – Ansiedade, Depressão e Estresse), veio de encontro com a necessidade da classe dos trabalhadores em Educação, setor este que teve que se reestruturar e buscar novos mecanismos de ensino a distância no qual atingissem o maior número possível de alunos. Esta mudança abrupta, trouxe vários problemas para todos nós, educadores ou não. Mas no caso dos Educadores se tornam mais evidentes e preocupantes, pois muitos não percebem o quanto possam estar adoentados. A contribuição dos Acadêmicos de Psicologia da Faculdade UNIRON foi primordial para que nossos Professores começassem a ter a percepção de quão importante é a nossa saúde mental, assim quanto a física. No encontro virtual com os acadêmicos pudemos relatar nossas dificuldades e conhecer os sintomas   de algumas patologias psicológicas, que em meio a esta Pandemia vem afetando boa parte da população. Nos conscientizamos da importância da Psicologia e do profissional desta área, não só neste momento em qual passa a humanidade, mas em nossa vida. A nós Gestores e aos nossos Professores ficou o gostinho de quero mais.  Ficou evidente para todos o quanto é importante o Profissional da Psicologia, o quanto ainda é distante (seja por fatores financeiros ou por simples preconceito) a procura pelo profissional em psicologia. Externo aqui o meu agradecimento a esta Instituição de Ensino e ficamos aqui no aguardo de um próximo encontro”.
 
Para a Coordenadora do curso de Psicologia da UNIRON, Professora Francléia que também está ministrando a disciplina de Estágio Basico I, essa etapa proporciona ao discente um espaço para o exercício das habilidades e competências desenvolvidas no núcleo comum de formação até o sétimo período, além de se aproximar do exercício profissional. Assim, os acadêmicos estão tendo a oportunidade de coordenar e manejar processos grupais, considerando as diferenças individuais e socioculturais dos seus membros, e de atuar, profissionalmente, de caráter preventivo, considerando as características das situações e dos problemas específicos com os quais se deparam nas oficinas. De acordo com ela “Nesta oficina em especial, trabalhamos sobre a Saúde mental na pandemia, especificamente levando à reflexão de conceitos como estresse, ansiedade e depressão”.
 
Agora, este trabalho será levado para outras escolas.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS