BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

COVID-19: Prefeito faz ‘festa’ para entrega de ônibus escolares durante pandemia

Inaugurações de obras públicas, entregas de materiais e outros atos dessa oficiais não são recomendados pela Organização Mundial de Saúde – OMS

DA REDAÇÃO

13 de Maio de 2020 às 10:38

Atualizada em : 13 de Maio de 2020 às 11:07

Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (13) o prefeito de Porto Velho, ex-promotor Hildon Chaves (PSDB), promoveu um ato festivo de entrega de um lote de ônibus escolares zero quilômetro que chegou para ser utilizado na zona Rural da cidade.

 

Esta cerimônia comemorativa aconteceu no estacionamento do Porto Velho Shopping e contou, além da presença do prefeito, de parlamentares estaduais e federais, com seus assessores partidários e imprensa. Cidadãos que passaram pela rua lateral que dá acesso ao shopping estranharam a “aglomeração” e registraram imagens do movimento de cerca de 50 pessoas no entorno.

 

 

Vale lembrar que o estado de Rondônia está sob Decreto de Calamidade por conta do COVID-19 e ações não consideradas essenciais, estão proibidas de acontecer.

 

Inaugurações de obras públicas, entregas de materiais, entre outros atos dessa natureza não são recomendados pela Organização Mundial de Saúde – OMS, durante a pandemia.

 

ENTENDA  A COMPRA

 

Ao todo foram comprados pela prefeitura de Porto Velho 146 ônibus escolares que atenderão estudantes de áreas rurais que tem no transporte público escolar o único meio de acesso á uma sala de aula.

 

O fato é que na capital de Rondônia algumas dessas crianças já estão sem estudar a dois anos, ainda existe relatos de estudantes que não conseguiram terminar o ano letivo de 2018, tudo por conta de imbróglios envolvendo os contratos de prestação de serviço do transporte escolar na capital de Rondônia.

 

Durante a gestão Hildon Chaves, duas operações da Polícia Federal, “Carrossel” e “Ciranda”, foram deflagradas por conta de suspeitas envolvendo a licitação do transporte escolar terrestre e fluvial.

 

VEJA MAIS

 

CARROSSEL: Ex-secretário e Superintendente de Hildon Chaves são presos pela PF

 

CARROSSEL: Confira o que aconteceu durante a operação da PF na Prefeitura de Porto Velho

 

OPERAÇÃO CIRANDA: PF fala sobre Operação Ciranda deflagrada na manhã de hoje (29)

 

OPERAÇÃO CIRANDA: Vereadores articulam abrir CPI para apurar desvios na SEMED

 

O prefeito Hildon Chaves sempre negou qualquer ação irregular vinda da prefeitura e afirmou que a responsabilidade desse problema vinha de gestões anteriores. A triste forma como ele vinha gerindo a educação rural foi tema do programa Profissão Repórter, da Rede Globo, que expos a situação dos estudantes de Porto Velho para todo Brasil.

 

Hildon havia prometido o início das aulas para o mês de abril, porém a pandemia chegou e também fechou as salas de aula da zona rural, que já estavam fechadas desde 2019 por conta da ingerência no transporte escolar.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

NOVA DATA: Após adiamento, confira como fica o cronograma do Enem

Ministro da Educação anuncia, por meio de rede social, adiamento do prazo para se habilitar à prova. Pagamentos podem ser feitos até um dia depois da data final para garantir a participação. Até o meio-dia de ontem, mais de 5 milhões de pessoas tinham feito o cadastro

23 de Maio de 2020 às 10:36