BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Solenidade marca os 100 anos da EFMM em Guajará Mirim

Solenidade marca os 100 anos da EFMM em Guajará Mirim

Da Redação

18 de Abril de 2012 às 15:23

Foto: Divulgação

No dia 30 de abril de 1912 foi fixado um prego de ouro no último dormente da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, simbolizando o final da construção da ferrovia, em Guajará Mirim. Um século depois, o prego de ouro nunca foi encontrado e há historiadores que consideram isso como lenda. Mas o fato é que a maior obra épica do século 18 completa 100 anos, simbolizado pelo imaginário popular do prego de ouro. E para marcar a data a Academia Guajaramirense de Letras (AGL) realizará uma solenidade na Câmara Municipal, a partir das 19 horas do dia 30 de abril.
O evento terá palestras sobre os 100 anos da ferrovia. Uma das abordagens mostrará que a EFMM jamais foi a "Ferrovia do Diabo", em face das ações sócioeconômicas que envolveram todo o processo de sua implantação e ação empreendedora. A ferrovia foi responsável pela fundação de Porto Velho e Guajará-Mirim, além de outros núcleos, como Jacy-Paraná e Abunã.
Paulo Saldanha, Presidente da Academia Guajaramirense de Letras, diz que a ferrovia Madeira-Mamoré foi uma obra de integração de dois povos e só o bem produziu e que chegou a hora de recuperá-la, nem que seja para fins turísticos.
 
 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS