BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ELEIÇÕES 2020: Candidata transexual é denunciada no TRE por estar ‘sujando a imagem do PT’

De acordo com o denunciante, Vlasak estaria utilizando palavras de baixo calão e sujando a imagem de seu partido

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

05 de Outubro de 2020 às 17:04

Atualizada em : 05 de Outubro de 2020 às 17:11

Foto: Divulgação

Candidata à vereadora em Porto Velho, a transexual Paula Vlasak, que tomou notoriedade na cidade após realizar uma cirurgia de mudança de sexo e ganhar seguidores nas redes sociais, divulgou que sua campanha vem sofrendo perseguição de grupos que não aceitam sua candidatura. 
 
Em sua página no Facebook ela publicou uma notificação da 21° Zona Eleitoral de Porto Velho, informando uma denuncia registrada contra ela através do sistema Pardal, aplicativo criado pelo Tribunal Regional Eleitoral – TRE, o Pardal serve como uma linha direta com a Justiça Eleitoral. 
 
De acordo com o denunciante, Vlasak estaria ofendendo eleitores nas redes sociais, além de utilizar palavras de baixo calão e sujando a imagem de seu partido, o PT. 
 
 
Em resposta a candidata afirmou que a denuncia apontada ao TRE mostram publicações nas redes sociais em que ela se defende de ataques de transfobia. 
 
Isso que acontece quando os poderes da cidade são corruptos e querem impedir o meu direito de exercer a minha candidatura a vereadora, por simplesmente me defender da transfobia estimulada por uma quadrilha de mafioso que estão com receio de eu me eleger e fiscalizar as irregularidades da cidade”, disse Paula Vlasak.
 
Caso a denuncia dê seguimento na Justiça Eleitoral, Paula Vlasak poderá sofrer sanções desde multa até a impugnação da candidatura. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS