SAHRAA KARIMI: Cineasta afegã diz que 'Os talibãs vão banir a arte e retirar os direitos das mulheres'

As meninas também serão impedidas de frequentarem as escolas

SAHRAA KARIMI: Cineasta afegã  diz que 'Os talibãs vão banir a arte e retirar os direitos das mulheres'

Foto: Comunidade de Cultura e Arte

Os talibãs assumiram ao longo do dia de ontem o controlo de Cabul, capital do Afeganistão. O Presidente afegão Ashraf Ghani também já abandonou o país para evitar “um banho de sangue“.
 
 
O escritor Khaled Hosseini e a cineasta Sahraa Karimi foram duas das personalidade afegãs que já manifestaram a sua preocupação com a ocupação do poder por parte dos talibãs. 
 
 
Karimi, autora do filme do “Hava, Maryam Ayesha” e chefe da agência estatal Afghan Film, escreveu uma carta aberta onde se poder ler que “[os talibãs] vão retirar os direitos das mulheres, e serão empurradas para as sombras das nossas casas e das nossas vozes, a nossa expressão será abafada no silêncio. Quando os Talibãs estavam no poder, nenhuma menina frequentava a escola. Desde então, existem mais de 9 milhões de meninas afegãs em escolas", declara a cineasta. 
 
 
Ela afirmou ainda que "Nestas poucas semanas, os Talibãs já destruíram muitas dessas escolas e 2 milhões de meninas são forçadas a abandoná-las novamente ”, disse a cineasta, que foi mais longe e disse ainda que “Tudo o que trabalhei, tanto para construir-me como cineasta no meu país, corre o risco de cair. Se os Talibãs assumirem o controlo, eles banirão toda a arte. Eu e outros cineastas podemos ser os próximos na sua lista de alvos”.
 
 
Para o escritor Khaled Hosseini, autor dos livros “The Kite Runner” e “A Thousand Splendid Suns”, “A decisão norte-americana [de abandonar o território] está tomada. E o pesadelo que os afegãos temiam está a acontecer diante dos nossos olhos. Não podemos abandonar um povo que há quarenta anos procura a paz. As mulheres afegãs não devem definhar novamente atrás de portas trancadas e cortinas encerradas”, escreveu o escritor afegão na sua conta de Twitter.
 
 
Fonte: Comunidade de Cultura e Arte
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS