DIVERSIDADE : Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena inicia nesta segunda e encerra na sexta

O festival enaltecerá a atuação das artistas da cena, das diferentes linguagens

DIVERSIDADE : Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena inicia nesta segunda e encerra na sexta

Foto: Divulgação

Inicia nesta segunda, 31/5 e continua sexta-feira,4/6,  a 1ª edição do Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena. O projeto tem como objetivo apresentar a atuação das mulheres e visibilizar as questões importantíssimas da luta pelo direito à vida sem violências e as lutas sociais em defesa dos direitos humanos, da cidadania e igualdade de gênero na sociedade. A transmissão será através do Facebook e YouTube.

 

O Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena é fomentado através do edital nº 80/2020/Sejucel-Codec - 1ª Edição Pacaás Novos do Edital de Chamamento Público para Difusão de Festivais, Mostras e Feiras Artística e Culturais – Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc). Eixo I – Festival Cultural  - Item IV – Linha de Apoio Artes Integradas.

 

Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena

 

É um projeto híbrido de apresentações ao vivo e gravadas de artes integradas: artes cênicas, fotografias, audiovisual, registros, músicas e experimentos produzidos por mulheres do Estado de Rondônia. Constituirá em um ambiente abarcado pela diversidade cultural e pluralidade por meio da participação feminina da cena artística, dando visibilidade a atuação e a força das mulheres.

O Festival também é formativo, para a troca de experiências com artistas e os espectadores online, uma vez que todas as convidadas e selecionadas farão, logo após a exibição de suas obras uma demonstração dos seus trabalhos, com enfoque nos processos de criação/composição, técnicas, exercícios de cenas/canções de outros de seus trabalhos pesquisa.

 

Nessa edição, que será virtual devido a quarentena provocada pela pandemia do COVID 19, o alcance do Festival se expandirá pelo Brasil e pelo mundo difundo nossas artistas e nossa arte.

 

Ação formativa – Oficina de Música Orgânica

Facilitadora: Déborah Castolline

Dias: 01 e 02 de junho

Horário: das 15h às 17h

 

Na Oficina de Música Orgânica, voltada para dramaturgia sonora, busca-se integrar harmoniosamente os momentos de afinação da mente com os de aquecimento, de expressão vocal e corporal. As técnicas utilizadas integram sons e movimentos corporais, permitindo que todos, mesmo aqueles que se acham desafinados e/ou sem ritmo, comunguem da magia da criação musical.

 

Sobre a facilitadora

 

Déborah Castolline é natural de Porto Velho RO e radicada em São Paulo há dez anos. Cantora, compositora, arte-educadora e produtora artística. Formada em música popular pela Escola do Auditório Ibirapuera, foi solista da Orquestra Furiosa durante quatro anos sob regência e direção artística de Nailor Azevedo (Proveta), já integrou o naipe de sopranos do Coral Jovem do Estado de São Paulo e participou do show da cantora Vanessa Moreno  no coro de seis vozes. Em 2018 estreou seu primeiro show autoral na sala Itaú Cultural. Já se apresentou na Sala São Paulo, em teatros do Sesc São Paulo, Auditório Ibirapuera, entre outros. Já cantou ao lado de artistas como, Chico César, Marlui Miranda, Marcelo Jeneci, Dori Caymmi, Toquinho, entre outros.

 

Autor: Eliana Viana 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS