BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

AUXÍLIO EMERGENCIAL: Inabilitados a participarem dos editais têm até hoje para recorrerem

Das 448 inscrições devidamente registradas, 365 projetos foram habilitados e 83 propostas foram rejeitadas

Assessoria

14 de Novembro de 2020 às 07:17

Atualizada em : 14 de Novembro de 2020 às 11:02

Foto: Divulgação

A Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Rondônia (Sejucel) divulgou na última sexta-feira (6) a primeira fase de habilitação e inabilitação, com a competente lista dos artistas e projetos habilitados e inabilitados a participarem dos oito editais de fomento à cultura da Lei Aldir Blanc em todo Estado, abrindo prazo de dois dias (13 e 14 de novembro) aos inabilitados para interposição de recurso.

 

De acordo com a Coordenação de Cultura da Sejucel, ao todo são 365 projetos ou proponentes habilitados e um grupo maior de 83 propostas inabilitadas, conforme divulgação realizada através da Portaria 204, de 31 de outubro, onde é possível obter todas as informações detalhadas sobre todos os habilitados, e sobre as razões para a inabilitação de muitos proponentes que têm até este sábado (14) para recorrer e apresentar suas justificativas, por e-mail, especificando o edital a que se candidatou, eis em alguns casos as propostas foram inabilitadas apenas por falta de assinatura, de esquecimento de seu autor/proponente.

 

Segundo informações da Sejucel, dos habilitados e inabilitados, (conforme Portaria HABILITADOS E INABILITADOS) num universo de 448 inscrições devidamente registrados, o total de 365 projetos foram habilitados e portanto estão aptos à Lei Aldir Blanc, de fomento à cultura, e o total de 83 propostas foram rejeitadas (inabilitadas) preliminarmente. O direito de recorrer do resultado encerra-se neste sábado (14).

 

De acordo com a relação divulgada pela Sejucel, para o Edital Mary Ciane 107 propostas foram habilitadas e 28 inabilitadas; Edital Alejandro Bedotti, 34 habilitados e nove inabilitados; Edital Pistolino, 43 habilitados e 13 inabilitados; Edital Marechal Rondon, 99 habilitados e 16 inabilitados; Edital Pacaas Novos, 49 habilitados e 14 inabilitados, Edital Ambrósio Paes, dois habilitados e um inabilitado; Edital Urucumacuã, 19 habilitados e nenhum reprovado; e Edital Mestre Aloízio, com 12 propostas habilitadas e apenas duas inabilitadas.

 

A orientação da Secretaria de Cultura é para que todos que tiveram suas propostas aos editais da Lei Aldir Blanc inabilitadas, se adiantem e recorram imediatamente, apresentando suas justificativas para análise da comissão da Sejucel. Importa lembrar que o prazo para recorrer da decisão vai até este sábado (14), e a todos é dado o direito de postular a aprovação de seus projetos/propostas.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS