BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONFUSÃO: Secretária esclarece 70 mortes a mais por COVID-19 em boletim da prefeitura

A secretária municipal de Saúde de Porto Velho, Eliana Passini, afirmou que o sistema da prefeitura é mais rápida que o utilizado pelo Governo

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

11 de Fevereiro de 2021 às 17:21

Atualizada em : 12 de Fevereiro de 2021 às 09:45

 
A utilização de sistemas distintos na contabilização dos mortos por COVID-19 pelo Governo de Rondônia e Prefeitura, vem gerando confusão e desproporção entre os números apresentados à população. 
 
Nesta última quarta-feira (10) o anúncio geral de óbitos na capital de Rondônia apresentou uma discrepância de 70 mortos há mais no boletim da Prefeitura em comparação aos dados apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde – SESAU. 
 
Dados apresentados pela SESAU no último dia 10 de fevereiro
 
De acordo com a prefeitura até o último dia 10 de fevereiro de 2021 morrem na capital do Estado 1.182 pessoas infectadas pela COVID-19. Porém de acordo com a SESAU, em boletim divulgado no portal do Governo o numero de mortos até o momento em Porto Velho era de 1.112 cidadãos. 
 
Dados divulgados pela prefeitura no último dia 10 de fevereiro
 
Dois sistemas
 
De acordo com a secretaria municipal de Saúde, Eliana Passini, a prefeitura utiliza o Sistema de Informações de Mortalidade - SIM, do Ministério da Saúde. Já estado de Rondônia atualiza seus boletins com informações de óbitos obtidas no Sistema de Informação de Vigilância da Gripe - SIVEP-Gripe e através do SUS Notifica. 
 
“Nós utilizamos o SIM porque a gente vê nele com certeza o numero de óbitos todos os dias e o SIVEP-Gripe nós dependemos das informações que vem das unidades de Saúde. Por isso que o que o Estado informa é diferente do município”, afirmou Eliana Passini. 
 
O sistema da prefeitura atualiza em até 12 horas o falecimento de um cidadão por COVID-19, já o sistema utilizado pelo Governo do Estado demora quase o dobro desse período para o processamento das mesmas informações. 
 
Confira a nota
 
O município de Porto Velho utiliza o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, para notificar os óbitos ocorridos em sua jurisprudência. São atualizados pelo Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), em até 12 horas após as mortes informadas pelas unidades hospitalares.
 
Há outros dois sistemas disponibilizados pelo Ministério da Saúde para notificações de casos e óbitos relacionados a COVID-19, sendo o SIVEP_gripe e eSUS-VE. Neles, as unidades hospitalares informam os casos que evoluíram para cura ou óbito. Essas notificações devem ocorrer nas primeiras 24. Porém, não é o que está ocorrendo, apesar das constantes cobranças da Semusa.
 
O Estado de Rondônia atualiza seus boletins com informações de óbitos obtidas nos sistemas SIVEP_gripe e eSUS VE, enquanto o município utiliza o SIM. Por isso, podem ocorrer divergências nas informações divulgadas pelo Estado em relação ao Município.
 
É importante ressaltar que o município não tem notificações de novos casos ou óbitos em atraso, justamente por utilizar um Sistema que é atualizado constantemente.  As notificações divulgadas pela Semusa/DVS nos boletins diários apresentam a situação real da Capital e são publicadas diariamente no Portal da Transparência da Prefeitura através do site dvs.portovelho.ro.gov.br.
 
Conforme esses dados, as informações que constavam no boletim dessa quarta-feira (10) estavam corretas, ao apontar 03 óbitos em Porto Velho.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS