CONCORRIDO: Concurso para diplomata 2022 é lançado pelo Instituto Rio Branco

Os interessados na carreira diplomática poderão se inscrever entre os dias 25 de fevereiro e 20 de março, no site da banca organizadora, o Iades

CONCORRIDO: Concurso para diplomata 2022 é lançado pelo Instituto Rio Branco

Foto: Divulgação

O Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio do Instituto Rio Branco, publicou o edital do concurso para a carreira de diplomata. A seleção conta com 34 vagas, de nível superior em qualquer área. O documento com todas as informações do certame foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (16/02).
 
Do total das oportunidades, 25 são para ampla concorrência, sete para candidatos negros e duas para deficientes. O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) é o responsável por organizar a seleção. 
 
 
 
Os aprovados realizarão atividades de natureza diplomática e consular, em seus aspectos específicos de representação, negociação, informação e proteção de interesses brasileiros no âmbito internacional.
 
 
Os ganhos da carreira incluem R$19.199,06 de salário base e R$458 de auxílio-alimentação. 
 
Inscrições até março
 
Os interessados na carreira diplomática poderão se inscrever entre os dias 25 de fevereiro a 20 de março, pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) , banca organizadora.
 
 
Após preencher o cadastro com as informações solicitadas, será gerado o boleto e pagar a taxa de R$224. O pagamento deve ser quitado até o dia 22 de março.
 
 
Membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico, e doadores de medula óssea poderão solicitar a isenção da taxa. A relação provisória dos candidatos que tiveram o seu pedido de isenção deferido será divulgada em 11 de março de 2022.
 
Provas em abril
 
Os inscritos no concurso Diplomata 2022 serão avaliados por provas objetivas e escritas, ambas com caráter eliminatório e classificatório. 
 
 
Na primeira fase do concurso, os concorrentes passarão por uma prova objetiva. O exame está marcado para acontecer em 17 de abril nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal, em dois momentos.
 
 
 
O primeiro iniciará às 9h30, com duração de três horas. Já o segundo período terá início às 15h, também com duração de três horas. Na primeira prova, os candidatos responderão a 73 questões que são divididas pelas disciplinas de:   
 
Língua Portuguesa - 10 questões; 
 
Língua Inglesa - 9 questões;
 
História do Brasil - 11 questões;
 
História mundial - 11 questões;
 
Política Internacional - 12 questões; 
 
Geografia - 6 questões; 
 
Economia - 8 questões; 
 
Direito - 6 questões.  
 
Cada questão será composta por quatro itens para julgamento. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO. 
 
 
 
A nota em cada item será igual a: 0,25 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,125 ponto negativo, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito; e zero se não houver marcação ou marcação dupla. 
 
 
A segunda etapa do concurso de Diplomata do MRE será composta por provas escrita de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, com caráter eliminatório e classificatório. Vale destacar que a aplicação será somente nas capitais onde houver candidatos aprovados na objetiva.
 
 
 
Para esta fase, serão convocados 250 candidatos com as melhores pontuações na objetiva. Desse total, 187 serão de ampla concorrência, 50 negros e 13 pessoas com deficiência. 
 
 
 
A avaliação de língua portuguesa está marcada para 30 de abril, com duração de cinco horas, começando às 14h. Os concorrentes irão elaborar:  
 
uma redação sobre tema geral;
 
um resumo; e
 
realizar exercício de interpretação, de análise ou de comentário de textos.   
 
A prova escrita de língua inglesa, por sua vez, está marcada para oa dia 1º de maio, também com duração de cinco horas, com início às 14h.  Nesta prova, os concorrentes elaborarão uma redação sobre tema geral, com extensão de 45 a 50 linhas, traduzir um texto do inglês para o português. 
 
 
 
Eles também devem escrever a versão de um texto do português para o inglês e elaborar um resumo, em Inglês, de um texto escrito em língua inglesa, com extensão a ser estabelecida no comando do exercício, estimada entre 35% e 50% do texto a ser resumido. 
 
 
O concurso contará com uma terceira e última etapa, que serão as provas escritas das demais disciplinas. Estes exames escritos também terão caráter eliminatório e classificatório. Serão cobradas assuntos de História do Brasil, Política Internacional; Geografia; Economia; Direito; Língua Espanhola e Língua Francesa.
 
 
 
Com duração de quatro horas cada, as provas serão aplicadas nas capitais onde houver candidatos aprovados na segunda fase, nas datas prováveis de:  
 
27 de maio: prova de História do Brasil, iniciando-se às 9h;
 
27 de maio: prova de Geografia, iniciando-se às 15h;
 
28 de maio: prova de Política Internacional, iniciando-se às 9h;
 
28 de maio: prova de Economia, iniciando-se às 15h;
 
29 de maio: prova de Direito, iniciando-se às 9h;
 
29 de maio: prova de Língua Espanhola e Língua Francesa, iniciando-se às 15h.  
 
Além disso, os aprovados também serão submetidos a um curso de formação no Instituto Rio Branco, em Brasília. 
 
 
 
O prazo de validade do concurso será de 60 dias, contados a partir da publicação da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS