BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ASSISTA: Repórter da Globo tem crise de riso ao vivo ao noticiar prisão de mulher nua

Daniela Carla não segurou as risadas e precisou ser interrompida pela âncora

EXITOINA

23 de Julho de 2020 às 17:43

Foto: Divulgação

Uma repórter da TV Gazeta, afiliada da Globo no Espírito Santo, acabou tendo uma crise de riso ao vivo ao noticiar a prisão de Flavia Tamayo, ex-capa da Playboy, na última terça-feira (21), durante o ES1.
 
Daniela Carla cometeu uma gafe ao confundir a palavra "situação" com "posição" e não segurou as risadas com o próprio erro ao contar que a modelo conhecida como Pâmela Pantera tirou a roupa por revolta ao ser abordada.
 
“Ela ficou com as partes íntimas à mostra, o que deixou os policiais em uma situação bem complicada para chegar nela e prender", afirmou. "Mas, ainda bem, que tinha uma policial mulher no meio, e essa policial conseguiu conter a Flavia, que estava nessa posição, nessa situação completamente nua [risos]. Perdão, gente [risos]”, completou a jornalista, tentando segurar o riso.
 
“A polícia diz que o mandado de prisão é da Justiça [risos]. Perdão [suspiro]. O mandado de prisão é da Justiça do Distrito Federal. Ela é investigada pela Justiça do Distrito Federal. A gente está tentando entender [risos]. O que foi, Rafa [Marquezini]?”, acrescentou ao tentar dar continuidade.
 
Na sequência, a apresentadora cortou a imagem de Daniela e seguiu no estúdio ao mandar um recado para a colega de trabalho. “Olha só, acho que você está trabalhando demais. Vamos fazer o seguinte: daqui a pouquinho a gente volta a conversar de novo. Combinado? Está trabalhando muito. Está com muitos casos a Dani Carla”, declarou. Confira:
 
 
Após a repercussão do ocorrido na web, Dani pediu desculpas pela gafe em suas redes sociais. "Estou aqui para agradecer as inúmeras mensagens de carinho que recebi hoje nas minhas redes sociais, no meu telefone, no aplicativo da TV Gazeta. Quem assistiu ao ES1 desta terça-feira viu que eu errei. Eu ri ao vivo e não deveria ter rido”, declarou.
 
“A notícia era séria, mas ela tinha um detalhe um pouco engraçado no meio. Eu tentei segurar, mas não consegui, acabei rindo e não deveria. Meu dia poderia ter terminado péssimo. Mas não terminou por causa das tantas mensagens”, completou. Confira:
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS