REFORESTERRA: Projeto vai beneficiar até 1 mil agricultores familiares em Rondônia

Além do apoio, iniciativa ainda vai pagar por serviços ambientais ao longo de 25 anos

REFORESTERRA: Projeto vai beneficiar até 1 mil agricultores familiares em Rondônia

Foto: Divulgação

Reflorestar 2 mil hectares de áreas degradadas (primeira fase) no entorno de rios e nascentes da sub-bacia do baixo rio Jamari, sendo 400 hectares até o final de 2022.

 

Focados neste objetivo, os extensionistas rurais responsáveis pelo atendimento aos beneficiários do ReforesTerra, novo projeto do Centro de Estudos Rioterra, em apoio ao desenvolvimento sustentável da agricultura familiar de Rondônia, estiveram na sede da instituição, em Porto Velho, para traçar estratégias de trabalho com os coordenadores e supervisores do projeto.

 

Até novembro, todos estão empenhados em identificar e convidar agricultores familiares que possuem propriedades nos municípios de abrangência da sub-bacia do baixo rio Jamari que se adequem as características do projeto, para aderirem e receberem os benefícios ofertados.

 

Os municípios de abrangência da sub-bacia são: Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste, Alto Paraíso, Cujubim, Rio Crespo, Ariquemes e Monte Negro.

 

Agricultores e agricultoras familiares com propriedades rurais nessa região que tenham passivos ambientais em áreas de Preservação Permanente (APP) ou de Reserva Legal (RL), com dois ou mais hectares desmatados há mais de 10 anos, podem participar das ações do projeto.

 

Extensionistas rurais do programa reunidos para avaliar iniciativa - Foto: Divulgação

 

Sobre o projeto

 

O ReforesTerra é um projeto inovador de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) em reconhecimento aos benefícios que produtores rurais geram para a sociedade ao proteger e restaurar áreas de floresta em seus imóveis rurais.

 

Realizado pelo Centro de Estudos Rioterra em parceria com a organização francesa Reforest’Action, além do apoio para o reflorestamento das áreas através de doação de mudas, insumos e serviço gratuito de assistência técnica e extensão rural, o projeto prevê o pagamento por serviços ambientais gerados na área ao longo de 25 anos proporcional a área recuperada, gerando benefícios econômicos, sociais e ambientais para todos.

 

Para atender os agricultores e agricultoras interessados em participar das ações, explicar sobre o projeto e avaliar as propriedades para identificar aquelas que se adequam as características do projeto, extensionistas rurais do Centro de Estudos Rioterra estão realizando reuniões em associações e visitando propriedades da agricultura familiar até o início de novembro.

 

Para saber mais, entre em contato por telefone ou WhatsApp com o escritório de atendimento de sua região.

 

ESCRITÓRIOS:

 

ITAPUÃ DO OESTE e RIO CRESPO

Endereço: Viveiro Rioterra - Rua Itacoatiara, Nº47, Centro, CEP 76.861-000

Supervisor de Extensão Rural: Adriano Ramos (69) 99211-0538

 

ARIQUEMES

Endereço: Avenida Jamari, Nº 5070, Setor 02, CEP 76.873-024

Supervisor de Extensão Rural: José Júnior (69) 9 9237-5393 -

 

Extensionistas Rurais

Jhenyfer Kuss (69) 99258-2402 

Larissa Mandu (69) 99224-0346

Gabriel da Silva (69) 99258-1776

 

MONTE NEGRO

Endereço: Rua Carlos Gomes, Nº 1478, CEP 76.888-000

Extensionistas Rurais

Reurisson Arrais (69) 99219-4435

Adenilson Morais (69) 99223-1385

Cláudia Vieira (69) 99226-9580

 

ALTO PARAÍSO

Endereço: Rua São Paulo, Nº 3222, CEP 76.862-000

Extensionistas Rurais

Thiago Renam (69) 99258-0864

João Batista (69) 99206-3931

Romário Lopes - (69) 99206-8362

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS