SEGURANÇA: MTur lança medida para evitar fraudes nas redes sociais

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a relevância da ação para a defesa do consumidor e para o bom funcionamento dessas atividades no País

SEGURANÇA: MTur lança medida para evitar fraudes nas redes sociais

Foto: Divulgação

Na última quinta-feira (1º), o Ministério do Turismo lançou um novo campo, dentro do Cadastur, para a inclusão dos perfis oficiais das redes sociais dos estabelecimentos, como Instagram, Facebook, Twitter, YouTube, WhatsApp e LinkedIn.
 
Com isso, as agências de Turismo e os meios de hospedagem terão mais um mecanismo para evitar fraudes na comercialização de produtos e serviços turísticos em suas redes sociais. Para aderir a esta ferramenta, construída em parceria com o Facebook/Instagram, os prestadores precisarão atualizar seus dados no Cadastur.
 
O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a relevância da ação para a defesa do consumidor e para o bom funcionamento dessas atividades no País. "Este é um importante avanço que estamos dando para evitar fraudes neste setor, que já foi tão impactado pela pandemia. A nossa expectativa é de que com esta ação, que é um pleito antigo do trade e dos consumidores, possamos validar a autenticidade dos perfis de empreendimentos turísticos e evitar falsas contratações de serviços", disse.
 
Representantes do trade turístico têm registrado a incidência, cada vez maior, da criação de perfis falsos de empresas de Turismo. Agora, antes de adquirir qualquer serviço ou produto turístico de forma on-line, os turistas poderão conferir no site do Cadastur se aquela rede social é a oficial da empresa.
 
A inclusão também possibilitará que o MTur forneça uma lista com os endereços virtuais oficiais às empresas de redes sociais, como o Facebook e Instagram, que, assim, terão subsídios para desativar perfis falsos.
 
"Precisamos agora da adesão de todos estes estabelecimentos inscritos no Cadastur; e os que não estão, façam urgentemente a sua adesão ao cadastro. Precisamos nos unir para evitar estas fraudes que têm causado prejuízo para os consumidores e para os estabelecimentos turísticos. Contamos com a sua participação", ressaltou o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França.
Direito ao esquecimento

Qual desses candidatos tem a sua preferência para o Governo de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS