LIBERDADE: Venda de motorhomes tem aumento de 40% desde início da pandemia

“São novos perfils que têm descoberto as vantagens do motorhome, como aqueles que decidem trabalhar em numa espécie de home-office na estrada"

LIBERDADE: Venda de motorhomes tem aumento de 40% desde início da pandemia

Foto: Divulgação

 

O cenário dos veículos motorhome tem crescido desde 2018 e teve seu ápice em 2020 por causa da pandemia do coronavírus. Além da crescente busca pelas casas rodantes, que traz certa segurança quanto ao quesito aglomeração, o perfil de viajantes que procuram motorhomes também mudou. No começo do ano passado, o M&E fez uma reportagem especial que até hoje serve de inspiração para novos aventureiros.
 
A Look at Our Numbers
 
De modo geral, o mercado de vendas de motorhomes entre 2019 e 2020 teve aumento de 40% ao ano desde o início da pandemia, e tende a se manter até o fim de 2021. Segundo Julio Lemos, proprietário da Estrella Mobil Motorhomes, empresa especializada na fabricação e na personalização de veículos recreativos, novas identidades surgem todos os dias: desde pessoas que trabalham em home-office, a famílias e casais.
 
Estrella Mobil Motorhomes 1
 
“São novos perfils que têm descoberto as vantagens do motorhome, como aqueles que decidem trabalhar em numa espécie de home-office na estrada; a pessoas mais novas que hoje estão conseguindo comprar os veículos; e o perfil mais tradicional de família que pretende rodar o mundo, com os amigos e não querem ficar em casa por conta da pandemia”, afirma Júlio. Em 2018, na fábrica da Estrella Mobil, o perfil do público que adquiria motorhomes eram, em sua maioria, aposentados e profissionais liberais que lideravam o ranking com 80% nas vendas. Os 20% restantes eram compostos por jovens, profissionais que já trabalhavam em home-office e pessoas com mais de 40 anos.
 
A Look at Our Numbers
 
Com a pandemia, foi observado um aumento expressivo nas aquisições feitas por pessoas que já tinham o plano de um dia adquirir um motorhome no futuro a anteciparam o planejamento, pessoas que passaram a ocupar funções em home office de forma definitiva e principalmente pessoas que se sentiram impactadas pelo isolamento e resolveram cair no mundo tendo como quintal de casa uma paisagem diferente a cada parada, ocupando de 20% para 35% no volume de vendas totais.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS