BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MEIO AMBIENTE: Alunos visitam o Parque Estadual Serra dos Reis no interior de Rondônia

O parque foi criado em 1995 e abrange uma área de mais de 36.442 hectares, protegendo importantes rios que alimentam a Bacia Hidrográfica da região

SECOM - GOVERNO DE RONDÔNIA

07 de Dezembro de 2019 às 08:22

Foto: SECOM-GOVERNO DE RONDÔNIA

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) abriu para visitação o Parque Estadual Serra do Reis, localizado nos municípios de Costa Marques e São Francisco do Guaporé, na última segunda-feira (2). Durante a visita, foram realizadas atividades de educação com os alunos da rede pública municipal de Costa Maques.

 

O parque foi criado em 1995 e abrange uma área de mais de 36.442 hectares, protegendo importantes rios que alimentam a Bacia Hidrográfica da região. A sua categoria é de uso integral, ou seja, o principal objetivo da criação do parque foi preservar a natureza. Sendo assim, é admitido apenas o uso indireto dos recursos naturais localizados no parque, com exceção dos casos previstos em lei, como projetos educacionais e de pesquisa, e sempre com a autorização prévia dos gestores das unidades.

 

A abertura do parque para visitação foi solicitada pelos membros do Conselho Gestor da Unidade de Conservação, para que a Educação Ambiental fosse trabalhada com alunos a fim de aproximá-los da Unidade de Conservação em questão. O objetivo dessas atividades é criar o sentimento de pertencimento, para que essas crianças, no futuro, sejam cuidadoras e defensoras da Unidades de Conservação.

 

O projeto foi feito pela Sedam, através da Coordenadoria de Educação Ambiental e da Coordenadoria de Unidades de Conservação, e teve a parceria do Batalhão de Polícia Ambiental e do Escritório regional da Sedam de Costa Marques.

 

Durante a visita, os estudantes da Escola Municipal Ruy Rodrigues de Almeida realizaram uma trilha ecológica, preparada especialmente para eles e tiveram a oportunidade de visitar três salas temáticas que foram montadas no interior da base do parque, onde foram abordados temas referentes à fauna, flora, poluição ambiental, crimes ambientais, entre outros assuntos ligados à preservação e sustentabilidade ambiental.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS