RESPOSTA: Henrique Prata rebate advogado, mas não explica compra de picanha e cerveja

Apesar de fazer política, presidente do Hospital do Amor nega a realidade

Logo após a divulgação de um vídeo feito pelo advogado Lauro Fernandes, que expôs a compra de picanha e cerveja, o presidente do Hospital do Câncer, Henrique Prata, desqualificou o conteúdo apresentado, mas não explicou as supostas irregularidades divulgadas.

 

“Queria responder a essa pessoa que está defendendo o governo. Nem conheço. Você está equivocado quando fala que estou apoiando candidato. Estou dando a chance das pessoas se salvarem do mal que esse governo tem feito aos pacientes, mandando para clínica privada. Não sei porquê ainda isso, com serviço proibindo no mundo inteiro”, afirmou Prata em um vídeo divulgado em suas redes sociais.

 

E o representante do HA segue: “Deixando ocioso o Hospital do Amor, fazendo o possível para tirar todo o recurso disponível que o Estado pôs, testemunhado pelo próprio procurador[-geral], doutor Ivanildo [de Oliveira, do Ministério Público Estadual], com provas que ele falou na minha frente e com minha equipe, para o governador e ele não deu valor para o mal que estão fazendo aos pacientes”.

 

Troca de acusações entre Henrique Prata (à esquerda) e advogado Lauro Fernandes (à direita) tem novo embate - Foto: Montagem Rondoniaovivo

 

Henrique Prata ainda fez uma comparação com a credibilidade que ele tem e que a do denunciante vale pouco.

 

“Se você quiser falar de mim qualquer coisa, o seu crédito não vale 1% do meu crédito. Eu fui praí e fiz esse gigante. Recebendo dinheiro catado no asfalto, na rua, pra fazer isso daí. Não tem um tostão desse governo, que só quis destruir o Hospital do Amor. A única forma que existe para sobreviver e colocar o resto do hospital para funcionar é se ele não tiver mais no governo”.

 

E encerra a gravação, fazendo protestos contra a atual gestão do Estado: “Esse governo não pode ficar mais aí, porquê o Hospital do Amor vai ter que fechar a metade, os casos que estão acontecendo aí são caóticos, financeiros e a gravidade primeira humana dos pacientes”.

 

Na conta

 

O Rondoniaovivo teve acesso a uma tabela que relaciona todos os valores repassados desde 2012, ano de inauguração do Hospital do Amor em Rondônia, até hoje. Naquele ano, foram enviados à instituição, por meio do convênio 310/PGE-2012, R$ 8.813.945,16.

 

Passados 10 anos do início da parceria, somente o Governo de Rondônia destinou quase 300 milhões de reais. Se considerarmos o recurso também encaminhado pelo Governo Federal, a bagatela é de R$ 396.946.509,29, conforme tabela abaixo, conseguida com exclusividade pelo jornal eletrônico.

 

Tabela total dos repasses feitos do Governo do Estado ao Hospital do Amor desde 2012

Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS