CATEGORIA: Jair Montes visita vários municípios e renova compromisso com os vigilantes

Deputado esteve em; Machadinho do Oeste, Buritis, Guajará-mirim e Nova Mamoré

CATEGORIA: Jair Montes visita vários municípios e renova compromisso com os vigilantes

Foto: Divulgação

O deputado estadual Jair Montes (Avante) esteve entre quarta--feira (13) e sábado (16) no interior de Rondônia, visitando Machadinho do Oeste, Buritis, Guajará-mirim e Nova Mamoré 
 
na companhia dos pré-candidatos a deputado estadual pela sigla Breno Mendes e Welisson Nunes, e também do pré-candidato ao senado pelo Avante Leo Fachin o parlamentar foi ouvir de perto as demandas e necessidades destas cidades e dos vigilantes que trabalham na vigilância patrimonial de órgãos destes municípios.
 
A reunião com a categoria e que contou com a participação da direção do Sindicato dos Vigilantes do Estado de Rondônia (Sintesv) teve o objetivo de reforçar o compromisso do deputado com a categoria. 
 
O parlamentar durante as reuniões explicou as medidas que tomou para que o Governo do Estado se comprometesse a manter a vigilância patrimonial, e na ocasião comemorou com os vigilantes aprovação no dia 14 de julho do decreto legislativo 903/2022 de autoria o deputado que determina a retirada dos sistema de monitoramento de vigilância eletrônica nas rede de ensino.
 
Desde que foi eleito deputado estadual Jair Montes (Avante) defendeu a volta da contratação dos vigilantes para a segurança das escolas estaduais buscando junto ao atual governo medidas que possibilitassem o retorno destes trabalhadores. 
 
A causa foi atendida pelo governador Marcos Rocha que durante a pandemia autorizou a SEDUC a abrir licitação para contratação de empresas terceirizadas. Em novembro de 2021 a segurança patrimonial voltou a acontecer nas escolas gradativamente em mais de 18 municípios e mais de mil trabalhadores voltaram aos seus postos.
 
“As escolas que estavam sendo saqueadas e depredadas por falta de segurança trazendo prejuízos aos cofres públicos. Ficou evidente a necessidade da vigilância patrimonial para zelar pelo patrimônio público e, ao mesmo tempo, podemos devolver a dignidade de trabalhadores que repentinamente perderam seu sustento e de suas famílias”, destacou Jair Montes. 
 
patrimonial voltou a acontecer nas escolas gradativamente em mais de 18 municípios e mais de mil trabalhadores voltaram aos seus postos. “As escolas que estavam sendo saqueadas e depredadas por falta de segurança trazendo prejuízos aos cofres públicos. Ficou evidente a necessidade da vigilância patrimonial para zelar pelo patrimônio público e, ao mesmo tempo, podemos devolver a dignidade de trabalhadores que repentinamente perderam seu sustento e de suas famílias”, destacou Jair Montes. 
 
Marino Filho, vice-presidente do Sintesv reiterou durante as visitas no interior a importância da categoria ter um representante na casa de leis. 
 
“Desde que o deputado assumiu ele tem lutado pela nossa categoria, nós temos vigilantes aqui com mais de 30 anos de profissão próximo a se aposentar e que durante a demissão de 2017 ficaram sem nada, e agora estão trabalhando de novo. Com o deputado nós nunca tivemos tantos benefícios em prol da categoria e reconhecimento como agora.” Disse. 
 
 
Comemoração em Guajará-Mirim
 
No município de Guajará-Mirim o deputado Jair Montes e sua caravana participou junto com os vigilantes no clube da polícia militar de um almoço em alusão ao dia do vigilante que foi em 20 de junho. 
 
“Me sinto em casa, em todas as cidades em que passei fui muito bem recebido pela categoria e muito mais do que participar hoje desta comemoração que é importante afinal todos merecemos um momento de lazer como esse, tão  importante quanto é ver o reconhecimento do nosso trabalho o que nos motiva ainda mais a garantir que eles possam desempenhar suas funções em segurança e tenham a garantia de que não serão dispensados de uma hora para outra.” Explicou Montes. 
 
Direito ao esquecimento

Quando você acha que a área da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré será liberada ao público?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS