BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

VIAGEM DO PREFEITO: ‘Prefeito Hildon prevaricou em sua função e deve ser responsabilizado’, afirma Samuel Costa

Até o momento nem o prefeito ou sua assessoria se manifestou sobre a viagem

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

06 de Agosto de 2020 às 08:48

Atualizada em : 06 de Agosto de 2020 às 15:01

Foto: Divulgação

Pré-candidato a prefeito de Porto Velho pelo PC do B, o professor Samuel Costa, afirmou que irá buscar na Câmara Municipal a responsabilização do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, pelas centenas de famílias que estão sendo submetidas a humilhações e tendo seu direito ao atendimento médico negado durante o período de pandemia.

 

Para Samuel Costa, a recente viagem do prefeito de Porto Velho, que de acordo com o colunista “Zé Catraca” está no México com sua família, em pleno período de pandemia, se configura como um ato de prevaricação, já que Chaves se comprometeu ao assumir o cargo em estar à frente de sua cidade.

 

Nem a Câmara de Vereadores foi informada sobre a viagem.

 

“Essa atitude do prefeito de Porto Velho se configura como prevaricação, existem pessoas desesperadas dentro das UPA’s, gente chegando a filas de atendimento das UBS de madrugada e não conseguem ver o médico, enquanto isso, o chefe maior da nossa cidade em recesso com a família”, disse Samuel Costa.

 

De acordo com legislação brasileira, Prevaricação é um crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública e consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

 

Zona Leste sem serviço

 

O cancelamento de uma programação que estava pronta há mais de 60 dias que realizaria serviço de infraestrutura,  em ruas nos bairros São Francisco, Aponiã e Três Marias, também será levado aos vereadores por Samuel Costa.

 

“Hildon Chaves não pode brincar com o sentimento das pessoas humildes, essas ações estão sendo aguardadas já muito tempo por esses moradores, isso é um desrespeito á comunidade, acredito que onde o prefeito está ele deve gozar de uma cidade limpa e organizado, porque Porto Velho está cada vez mais longe disso nas mãos do ex-promotor”, finalizou Samuel Costa.

 

Até o momento nem o prefeito ou sua assessoria se manifestou sobre a viagem.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS