BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Laerte Gomes pede por Linhão de energia para a região da BR 429

O parlamentar frisou que a obra foi licitada, mas não foi autorizada por falta de recursos. O BNDES disse não ter como executar. “Mas para financiar obras em outros países como Venezuela, Cuba e Equador, teve dinheiro, mas para beneficiar os brasileiros,

Da Redação

13 de Outubro de 2016 às 09:04

Foto: Divulgação

O deputado Laerte Gomes (PSDB) em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira (11), ressaltou a importância de o governo federal construir o Linhão de energia interligando o eixo da BR até o Vale do Guaporé.

Laerte afirmou que os moradores da região já estão se mobilizando e criando um grupo de líderes para pressionar o governo para ligar o município de Presidente Médici até Costa Marques, beneficiando os municípios de Alvorada do Oeste e São Francisco até chegar a Costa Marques.

O parlamentar frisou que a obra foi licitada, mas não foi autorizada por falta de recursos. O BNDES disse não ter como executar. “Mas para financiar obras em outros países como Venezuela, Cuba e Equador, teve dinheiro, mas para beneficiar os brasileiros, em especial os rondonienses, não tem recursos”, frisou.

A obra, disse Laerte, trará desenvolvimento para esta parcela da população. Frisou que a energia é gerada por motores, e que é suja, pela inexistência do Linhão.

A região bate recordes de produção, afirmou Laerte, em diversas culturas que avançam a passos largos, “mas sem energia não se pode agregar valor aos produtos nem atrair indústrias. Com isso, a geração de emprego fica comprometida. Indo gerar empregos em outras regiões e Estados”, destacou.

Laerte anunciou a realização de audiência pública sobre o tema marcada para o dia 10 de novembro, na Assembleia Legislativa. “Por determinação da Casa, estão suspensas as audiências públicas no interior, o que seria o ideal, mas faremos aqui em Porto Velho mesmo”, destacou.

Para a audiência, ele espera a presença dos diretores da Eletrobras para dar explicações, bem como das lideranças da região que estão se unindo.

O parlamentar lamentou o que classificou como desmandos do governo petista, afirmando que não fosse isso, “talvez tivesse sobrado recursos para desenvolver nossa região tão carente de investimentos”.

Laerte ressaltou que, na época da construção das usinas, foi negociado “um benefício aqui e outro ali, uma creche, uma sala, um posto de saúde, mas esqueceram do essencial, que era levar energia limpa, confiável para todo o Estado através deste Linhão”.

O sonho de milhares de pessoas “é de poder contar com energia confiável para desenvolver, empreender e gerar empregos e mais renda para suas famílias e para o Estado”, destacou Laerte, afirmando que o atual governo está tomando ações enérgicas para “conter a gastança e fazer com que o País volte ao desenvolvimento”.

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS