DÍVIDA DE DROGAS: PM evita que morador de rua acorrentado fosse morto e jogado no rio Madeira

A vítima informou que seria morta porque tinha uma dívida de drogas com o bando que vendia entorpecentes em um bar de fachada na região

DÍVIDA DE DROGAS: PM evita que morador de rua acorrentado fosse morto e jogado no rio Madeira

Foto: Richard Nunes /Rondoniaovivo

Cinco homens com idades entre 22 e 34 anos, além de um adolescente de 15 anos foram detidos por tráfico de drogas quando iam matar e jogar um morador de rua no rio Madeira, em Porto Velho (RO) na noite de sábado (19).

 

Parte dos suspeitos foi abordado em um carro modelo Montana com o morador de rua de 24 anos acorrentado pelo pescoço. Ele estava na carroceria do veículo. A abordagem da PM aconteceu na Avenida Amazonas com Nações, no Centro.

 

A vítima informou que seria morta porque tinha uma dívida de drogas com o bando que vendia entorpecentes em um bar de fachada na região.

 

Os policiais foram ao comércio e prenderam o restante do bando com drogas, balança de precisão e dinheiro trocado. Todos foram encaminhados ao Departamento de Flagrantes.

Galeria de Fotos da Notícia

DÍVIDA DE DROGAS: PM evita que morador de rua acorrentado fosse morto e jogado no rio Madeira

DÍVIDA DE DROGAS: PM evita que morador de rua acorrentado fosse morto e jogado no rio Madeira

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS