EVIL SHARE: Operação da PF prende acusado de compartilhar imagens de abusos a crianças

O preso foi encaminhado ao presídio estadual nesta capital

EVIL SHARE: Operação da PF prende acusado de compartilhar imagens de abusos a crianças

Foto: ILUSTRATIVA

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (10), a Operação EVIL SHARE, que investiga os crimes de armazenamento e compartilhamento de materiais relacionados ao abuso sexual infantojuvenil pela internet. Os policiais federais cumpriram um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em um endereço em Porto Velho.
 
As investigações tiveram início em março deste ano e a partir de técnicas especiais de investigação foi possível identificar o suspeito de compartilhar e armazenar conteúdo relacionado ao abuso sexual infantojuvenil, utilizando a rede mundial de computadores.
 
Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Porto Velho/RO, e foram cumpridos na residência do investigado. O preso foi encaminhado ao presídio estadual nesta capital.
 
Os dispositivos eletrônicos apreendidos serão periciados pelo Setor Técnico-Científico da Polícia Federal – SETEC e analisados pelo Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos de Rondônia – GRCC/RO.
 
A operação denominada EVIL SHARE, em inglês, significa “compartilhamento do mal”, em alusão aos arquivos ilícitos compartilhados pelo investigado na internet.
Direito ao esquecimento

Você acha que os escândalos do Governo Bolsonaro prejudicam a pré-candidatura à reeleição?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS