FEMINICÍDIO: Professora foi espancada e teve o pescoço quebrado

O corpo da vítima foi encontrado na noite de sexta-feira (06) no apartamento em que ela morava

FEMINICÍDIO: Professora foi espancada e teve o pescoço quebrado

Foto: Richard Nunes /Rondoniaovivo

 
 
O acreano Pedro H. F. N., 33, foi encaminhado ao complexo penitenciário acusado de agredir e matar estrangulada a namorada Fernanda Herlana Tenório de Lima, 36.
 
O corpo da vítima foi encontrado na noite de sexta-feira (06) no apartamento em que ela morava na Rua José de Alencar, bairro Areal, região Central de Porto Velho (RO).
 
Pedro foi preso com o carro da professora após colidir na traseira de uma carreta na BR-364, no município de Candeias do Jamari.
 
Segundo a polícia, a mulher foi espancada e teve o pescoço quebrado após ser vítima de estrangulamento.
 
Depois do crime, que teria ocorrido na noite de quinta-feira (05) o acusado fugiu levando o carro modelo HB20 e o celular da professora. Ele foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao se envolver em acidente.
 
O corpo da professora foi encontrado depois que uma amiga de escola estranhou o seu desaparecimento e foi até o apartamento. A professora estava caída ao lado da cama. 
 
No Departamento de Flagrantes e acompanhado de uma advogada, Pedro informou que só vai falar em juízo. Ele deverá responder por crime de feminicídio.

Galeria de Fotos da Notícia

FEMINICÍDIO: Professora foi espancada e teve o pescoço quebrado

FEMINICÍDIO: Professora foi espancada e teve o pescoço quebrado

Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS