AGRESSÃO FILMADA: Justiça nega pedido de prisão a acusado de atacar empresário a coronhadas

Joel Viana Reis já reincidente em prática de crimes de roubos e usava inclusive tornozeleira eletrônica quando agrediu brutalmente e assaltou o empresário

AGRESSÃO FILMADA: Justiça nega pedido de prisão a acusado de atacar empresário a coronhadas

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, através do 1° DP teve o pedido de prisão temporária negado pela Justiça do acusado Joel Viana Reis, que foi filmado por câmeras de monitoramento agredindo a coronhadas o empresário Vanderlei Orini, no último dia 20 de setembro do mês passado na Associação Comercial de Rondônia (ACR) na região Central de Porto Velho (RO).

 

No dia do crime, o bandido na companhia de um comparsa agrediram o empresário com pancadas na cabeça e roubaram mais de R$ 2 mil em dinheiro e celulares. Os criminosos fugiram em seguida e a vítima com sangramento forte na cabeça teve de ir em busca de atendimento médico.

 

Já no último dia 06 de outubro, o assaltante foi preso após tentativa de fuga em uma motocicleta adulterada. A prisão aconteceu no bairro Triângulo.

 

O delegado Osmar Luiz do 1° DP, diante de todas as evidências e da periculosidade do criminoso, representou pela prisão temporária dele.

 

Contudo, a Justiça não aceitou sob o argumento de que não havia necessidade real da manutenção da prisão do acusado durante o término das investigações para a conclusão do inquérito policial.

 

Joel Viana Reis já reincidente em prática de crimes de roubos e usava inclusive tornozeleira eletrônica quando agrediu brutalmente e assaltou o empresário.

 

Ele ainda permanece preso somente porque havia um outro mandado de prisão devido ter desligado a tornozeleira eletrônica e estar fora de rota de monitoramento.

Galeria de Fotos da Notícia

AGRESSÃO FILMADA: Justiça nega pedido de prisão a acusado de atacar empresário a coronhadas

Direito ao esquecimento

Você é a favor ou contra o garimpo no Rio Madeira?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública. Vote quantas vezes quiser!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS