BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TRANSPARÊNCIA: Nova diretoria da AROM quer abrir contas da entidade

Diretoria quer fazer gestão transparente para mudar imagem arranhada da AROM

Rondoniaovivo

06 de Fevereiro de 2021 às 08:24

Atualizada em : 07 de Fevereiro de 2021 às 13:42

Foto: Divulgação

A Associação Rondoniense dos Municípios ( AROM) publicou edital em seu Diário Oficial convocando os associados para Assembleia Geral Extraordinária. Consta no documento que a convocação é em razão aos acontecimentos internos que vem ocorrendo na entidade.
 
A assembleia acontece na próxima terça-feira, 9 de fevereiro,às 19h30, em primeira convocação e às 20 horas em segunda convocação, tanto em formato presencial, na sede administrativa da AROM, situada na Av. Lauro Sodré, nº 1663, Bairro Olaria, em Porto Velho, ou por meio de videoconferência através da ferramenta Google Meet, acessada no endereço eletrônico: http://meet.google.com/uhs-xyrn-hmv.
 
A pauta prevê as seguintes demandas:
 
1. Relatório Preliminar de Atividades da Diretoria eleita da AROM em 01/02/2021;
 
2. Apresentação do real panorama da entidade, em regime de urgência, acerca da situação contábil, jurídica e administrativa.
 
3. Apresentação e discussão de orientações do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) aos Prefeitos/Prefeitas em exercício.
 
4. Apreciação e deliberação acerca da prioridade de vacinação do COVID-19 para os profissionais da Educação dos municípios no Estado de Rondônia.
 
A primeira convocação, nos termos do §4º do artigo 17 do Estatuto, será instalada com a presença de metade mais um dos seus associados efetivos. Para segunda convocação, após 30 (trinta) minutos, a assembleia acontece com qualquer número de participantes.
 
A deliberação se dará por meio de manifestação dos (as) Prefeitos (as), legítimos representantes dos municípios associados, com posicionamento favorável ou contrário dos itens do instrumento convocatório, conforme estabelece o art. 58 do Estatuto da entidade. Os municípios em dia com a entidade terão direito a um voto, bem como ocorrerá a aprovação nos moldes estatutários.
 
A Presidência dos trabalhos será conduzida pelos escolhidos que compõe a diretoria conforme artigo 17 do Estatuto Geral, observada a sequência sucessória estatutária estabelecida e o caráter soberano da Associação. O edital é assinado pelo prefeito de Urupá, CÉLIO LANG, Presidente da AROM.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS