BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

TENSÃO: Sargento da PM faz família refém e polícia negocia libertação das vítimas

Diversas guarnições tiveram que cercar a residência e iniciar uma negociação, haja vista que o sargento afirmava que se os militares entrassem no imóvel iria matar toda a família

Rondoniaovivo

02 de Setembro de 2020 às 11:10

Atualizada em : 02 de Setembro de 2020 às 11:22

Foto: Divulgação

Após mais de três horas de negociação, um sargento da reserva remunerada da Polícia Militar de 54 anos foi preso nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (02) em uma residência no bairro Cidade Nova, na zona Sul de Porto Velho (RO). Ele ameaçava matar a esposa de 41 anos e as filhas (duas jovens).
 
O Rondoniaovivo apurou que o militar chegou em casa por volta das 4h da madrugada e embriagado teria passado a ameaçar matar a tiros a esposa e as filhas. As vítimas em desespero correram para um cômodo da casa, se trancaram e chamaram a polícia.
 
Diversas guarnições tiveram que cercar a residência e iniciar uma negociação, haja vista que o sargento afirmava que se os militares entrassem no imóvel iria matar toda a família.
 
Um oficial da PM de plantão começou a negociar com o sargento, que muito alterado se mostrava irredutível em libertar as vítimas, que se encontravam trancadas em um quarto com medo de serem assassinadas.
 
Uma equipe especializada em atender ocorrências com reféns e o Batalhão de Choque foram ao local.
 
Após três horas de muita tensão e negociação, o sargento decidiu liberar as vítimas, mas ele não saiu da casa. Um novo diálogo teve que ser iniciado e depois de mais 30 minutos ele se entregou e foi levado preso para a Central de Flagrantes. A ocorrência foi registrada como ameaça/violência doméstica.
 
A arma que o sargento estaria utilizando não foi encontrada durante as buscas na casa.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS