SORTEIO NA TV: Mulher aciona a polícia por não receber prêmio de R$ 10 mil

Demora no pagamento de premiação causa transtorno familiar a ganhadora

SORTEIO NA TV: Mulher aciona a polícia por não receber prêmio de R$ 10 mil

Foto: Divulgação

O Folha do Sul Online teve acesso ao Boletim de Ocorrência registrado hoje na Polícia Civil de Vilhena pela aposentada Rosely Esteves Santos, 55 anos, contra a empresa “Cap Show”, que vende cartelas e sorteia prêmios em Rondônia.
 
Moradora do bairro Bela Vista, em Vilhena, Rosely viu pela TV sua cartela ser premiada no sorteio realizado no dia 06 de março. Após faturar o prêmio de R$ 10 mil, a vilhenense foi entrevistada pela mesma emissora de TV que transmitiu o sorteio.
 
Ocorre que, até agora, o dinheiro não foi entregue à ganhadora. Nas tentativas de receber o dinheiro, a ganhadora disse na polícia, ao registrar a queixa, ter ouvido da empresa que o responsável pelos pagamentos está doente. A promessa de que o problema seria resolvido em 15 dias também não foi cumprida.
 
Além da decepção com o atraso no pagamento, a aposentada também está vivendo uma situação constrangedora: devendo R$ 2.500,00 a um familiar, Rosely enfrenta a desconfiança do parente, que duvida que a empresa demore tanto para pagar o prêmio, acreditando que ela embolsou o dinheiro.
 
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS