MELHOR AMIGO: Cãozinho fica em porta de hospital à espera de dono, que pode ter sido vítima da covid-19

As enfermeiras que atuam no local passaram a cuidar bem do animal e até lhe deram o nome de “Covidinho”

MELHOR AMIGO: Cãozinho fica em porta de hospital à espera de dono, que pode ter sido vítima da covid-19

Foto: Divulgação

 

Cerca de três semanas atrás, um cãozinho apareceu sozinho na “Central Covid” de Vilhena (RO) e permanece no local até hoje. Dócil, o animalzinho acompanha o atendimento a pacientes que vão até a unidade, onde são atendidas pessoas com suspeita de terem sido infectadas pelo novo Coronavírus.
 
As enfermeiras que atuam no local passaram a cuidar bem do cão e até lhe deram o nome de “Covidinho”, pelo qual ele agora atende. Um pet shop fez a cortesia de medicar o cachorrinho contra vermes e carrapatos, além de lhe dar banho.
 
Uma das profissionais de saúde, percebendo que Covidinho não tem intenção de ir embora, resolveu adotá-lo. Ele será levado amanhã para a casa da nova dona. “Se fosse vira-lata, já teria ido embora, mas ele é bem cuidado”, disse uma das enfermeiras, em conversa com o Folha do Sul.
 
Uma das servidoras que atuam na Central Covid disse ao site que existe a possibilidade de o cão ter chegado até a unidade acompanhando o dono, que pode ter morrido. “A gente acredita que é isso: o dono morreu e ele continuou esperando”, revelou, argumentando que o cheiro do tutor supostamente falecido, ainda pode ser sentido pelo fiel mascote.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS