NÃO RESISTIU: Pioneira rondoniense morre vítima da covid-19 após quase um mês de internação

Há sete meses, ela havia perdido o marido por conta de uma pneumonia

NÃO RESISTIU: Pioneira rondoniense morre vítima da covid-19 após quase um mês de internação

Foto: Divulgação

 

O corpo da pioneira Nicolina Tolentina da Silva, foi sepultado em Chupinguaia (RO) na última terça-feira. Ela tinha 78 anos e morreu após 25 dias internada na "UTI Covid" do Hospital Regional de Vilhena. 

 
Por telefone, uma filha da idosa contou ao Folha do Sul que, quando ela começou a sentir sintomas de gripe, foi medicada, mas o problema de saúde continuava. Durante uma consulta no hospital de Chupinguaia, exames confirmaram que ela havia sido infectada pelo novo coronavírus.
 
Transferida para Vilhena e intubada no dia seguinte, a aposentada faleceu nas primeiras horas da manhã de ontem.
 
Moradora de Chupinguaia desde o início da década de 1970, Nicolina era conhecida e querida na cidade. Casada com o seringueiro Francisco Souza Lima, que faleceu há sete meses, de pneumonia, ela se instalou na “Capital do Boi” nos primórdios de sua fundação, e deixa sete filhos.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS