PRESO: Sob efeito de cocaína, caminhoneiro quase atinge viatura da PRF em cidade de RO

Fato aconteceu na manhã de ontem, em Presidente Médici

PRESO: Sob efeito de cocaína, caminhoneiro quase atinge viatura da PRF em cidade de RO

Foto: Divulgação

Um flagrante registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã de ontem no município de Presidente Médici, cidade da região central de Rondônia, mostra que de fato a obrigatoriedade da renovação do exame toxicológico por motoristas profissionais, é de extrema necessidade.
 
De acordo com informações da assessoria da PRF, uma equipe que realizava patrulhamento na BR-364 no referido município quase foi atingida, assim como outros veículos, por uma carreta cujo motorista realizou uma manobra forçada de ultrapassagem estando sob o efeito de cocaína.
 
Para não ter a viatura atingida pela carreta, devido o caminhoneiro quase ter perdido o controle ao realizar a manobra perigosa, assim como outros motoristas, o policial que estava na direção teve que que sair da pista repentinamente para o acostamento.
 
Abordado e submetido ao teste do “drogômetro”, aparelho que detecta o uso de mais de 15 tipos diferentes de substâncias ilícitas, o motorista apresentou resultado positivo para a presença de cocaína no organismo, recebendo voz de prisão pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de droga.
 
O último aperfeiçoamento na legislação de trânsito, que punirá com multa os motoristas em atividade remunerada que não renovarem o exame toxicológico a cada 30 meses, é exatamente para coibir esse tipo de situação, em que condutores fazem uso de drogas para conseguirem realizar horários estendidos de trabalho, colocando em risco suas vidas e as de terceiros.
 
O drogômetro ainda não foi regulamentado pelo CONTRAN, desta maneira, não pode ser utilizado para embasar autos de infração, porém, como é uma ferramenta regulamentada sob parâmetros nacionais (InMetro), o resultado pode ser utilizado como prova válida nos registros de crimes de trânsito.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS