INTERNACIONAL: CPJ cobra agilidade nas investigações de ataque ao Rondoniaovivo

Entidade internacional publicou reportagem sobre o ataque a tiros contra a sede do periódico

INTERNACIONAL: CPJ cobra agilidade nas investigações de ataque ao Rondoniaovivo

Foto: Divulgação

O Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ) – entidade internacional, repercutiu o ataque ao site Rondoniaovivo, ocorrido por volta das 3h40 de sábado, dia 12 de novembro, quando um homem não identificado disparou várias vezes na sede do jornal privado, em Porto Velho (RO).

 
O texto com o título ”Sede do site de notícias Rondoniaovivo baleado várias vezes no norte do Brasil” cobra agilidade das autoridades de segurança pública para investigar e identificar o autor dos disparos.
 
 
Para a reportagem do CPJ, o proprietário do site Paulo Andreolli acredita que “o ataque foi uma retaliação à cobertura crítica do veículo sobre os protestos em Rondônia em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que perdeu sua candidatura à reeleição em 30 de outubro”.
 
Andreoli disse que não receberam nenhuma ameaça direta específica, apesar de que diversos comentários ofensivos foram publicados no Rondoniaovivo site, mas que não receberam nenhuma ameaça direta específica.
 
Veja o conteúdo na integra aqui.
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS