AGONIA: Família de rondoniense morto nos EUA pede apoio para trazer corpo

Acidente de trabalho que vitimou Fabiano da Silva Gomes aconteceu no último dia 12 de abril

AGONIA: Família de rondoniense morto nos EUA pede apoio para trazer corpo

Foto: Divulgação

 
Por Felipe Corona
 
O Rondoniaovivo soube de mais uma triste história envolvendo um rondoniense que saiu do país para tentar uma vida melhor e não conseguiu voltar para casa.
Desta vez, a angústia é para a família de Fabiano da Silva Gomes, de 32 anos, de Ji-Paraná. Ele morava na Filadélfia (EUA), onde sofreu um acidente de trabalho no dia 12 de abril. 
 
 
Segundo o pai dele, Juvenal Gomes, o rapaz estava trabalhando na construção de um prédio, quando as tábuas do andaime onde ele estava romperam, e ele caiu de uma altura de quatro andares (ou cerca de 10 metros).  Ele ficou internado por cerca de 15 dias, mas não resistiu e morreu no último dia 27 de abril.
 
 
“Estavam fazendo uma construção para aumentar o prédio. As tábuas quebraram e ele caiu. Ficamos sofrendo até a última quarta-feira. Não temos ajuda de nada, não tinha seguro. A embaixada só ajudou com a documentação. Mas precisamos de 50 mil reais para trazer o corpo dele pra cá. Por isso fizemos uma campanha de arrecadação”, afirmou seu Juvenal.
 
 
A comoção pela história da morte de Fabiano foi tamanha, que Ivete Seixas, que mora em Marília, interior de São Paulo, também está ajudando na campanha para conseguir os 50 mil reais e trazer o corpo do jiparanaense para que seja enterrado na sua cidade. 
 
 
“Foi através de uma amiga minha, que é sobrinho da irmã dela que aconteceu isso. Conversei com o pai dele [Juvenal] e é de cortar o coração. Fui no Google e achei o site de vocês, de uma rádio de Ji-Paraná. Quero movimentar, quero que esse povo ajude esses pais. A gente como pai e mãe deve imaginar o quanto eles estão sofrendo nessa dificuldade toda”, explicou ela.
 
 
 
 
 
 
Caminhos
 
 
Até o momento, a família de Fabiano conseguiu arrecadar apenas R$ 4 mil, menos de 10% do valor total. Por isso, o contato com o Rondoniaovivo para ajudar nessa luta e trazer o corpo do filho mais velho do seu Juvenal Gomes para o estado.
 
 
Quem puder ajudar com qualquer quantia, basta fazer um depósito na chave PIX (69) 99286-6385, em nome de Célio Ribeiro da Silva, ex-cunhado de Juvenal e que está ajudando na arrecadação do dinheiro.
 
 
“A situação não está nada fácil. Perdi meu filho mais velho de 32 anos, nascido em Ji-Paraná. Ainda tem essa dificuldade e burocracia toda pra trazer ele pra cá. Por isso estamos pedindo essa apoio. Qualquer ajuda é bem-vinda”, lamentou seu Juvenal.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS