ISOLAMENTO: União Bandeirantes está isolada após incêndio em ponte

Moradores cobram providências para recuperação da obra antes do período das chuvas

Moradores do distrito de União Bandeirantes procuraram o Rondoniaovivo para enviar fotos e vídeos de uma ponte que foi incendiada recentemente na linha 101.
 
A construção de madeira passa sob o Rio Contra e dá acesso à localidade. Segundo eles, a ponte estava em péssimas condições de conservação, e por isso, pessoas teriam incendiado parte dela.
 
“O pessoal queimou ela porque estava em uma situação muito complicada, era muito perigosa. Estamos sem acesso”, disse uma mulher que gravou um vídeo enviado à redação do jornal eletrônico.
 
As famílias que dependem da estrada e da ponte cobram providências urgentes das autoridades para recuperação da obra, já que em breve, começa a estação das chuvas em Rondônia.
 
“As chuvas já estão começando e nada de mexerem na ponte. O acesso que temos é bem mais longe e as estradas estão péssimas. Se alguém precisar de um socorro rápido, morre pela estrada”, escreveu uma moradora em mensagem de WhatsApp e que não revelou o nome.
 
 
Cobranças
 
O deputado federal Léo Moraes (Podemos) recebeu explicações do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) sobre a responsabilidade pela recuperação da ponte sobre o Rio Contra, na Linha 101, estrada de acesso ao distrito de União Bandeirantes. 
 
Léo estava cobrando do Governo Estadual providências desde o dia em que foi ateado fogo na ponte (há mais de 20 dias) e agora pede ações da Prefeitura.
 
O DER fez alguns esclarecimentos quanto à responsabilidade pela manutenção, recuperação e melhorias na linha 101.
 
O órgão explicou que o decreto 22.474, de 2017, que regulamenta e define a malha viária estadual, não inclui a linha 101. Ou seja: é de responsabilidade da Prefeitura de Porto Velho. Mas, recentemente foi feito um termo de Cooperação (ainda vigente), entre DER e a Prefeitura, onde o DER assumiu e executou a recuperação da linha 101.
 
De acordo com a instituição estadual, foram feitos serviços de recuperação da estrada, deixando a via trafegável, incluindo a limpeza de todas as ruas de União Bandeirantes. O DER afirma ter cumprido com todos os quesitos determinados no termo.
 
 
Equívoco
 
 
Uma fonte da Prefeitura, que pediu para não ter o nome divulgado, enviou ao Rondoniaovivo o termo de cooperação que está vigente também prevê a recuperação da ponte do Rio Contra, mas que o DER não respondeu se faria a obra. 
 
Segundo esta pessoa, uma das pontes da via foi recuperada por moradores da região, onde a Prefeitura conseguiu materiais para os reparos, que foram feitos rapidamente.
 
Já sobre a ponte do Rio Contra, há um plano de estadualização da linha 101, que ainda não saiu do papel e prejudica a construção de uma ponte de concreto no lugar onde está a construção de madeira que foi queimada.
 
“Como a Prefeitura vai buscar recursos para a construção dessa ponte, se o Governo já está colocando em prática esse plano de estadualização da linha? Há cerca de 20 dias, uma equipe da própria Prefeitura foi até o local, para avaliar os estragos. Vamos conseguir o material para recuperar essa ponte, pois desse jeito, não pode ficar”, disse esta fonte.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS