BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Odebrecht já demitiu quase 4 mil funcionários no Equador, diz jornal

Odebrecht já demitiu quase 4 mil funcionários no Equador, diz jornal

Da Redação

11 de Dezembro de 2008 às 14:45

Foto: Divulgação

A construtora brasileira Norberto Odebrecht concluiu o processo de demissão dos cerca de 3.763 funcionários que trabalhavam nas cinco obras da empresa no Equador, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. A Odebrecht foi expulsa do país em setembro pelo presidente Rafael Correa.

 

De acordo com a reportagem, os mais capacitados, dentre eles 37 brasileiros, foram remanejados para obras da Odebrecht na Líbia, em Angola e no Panamá. Já os funcionários das outras quatro obras realizadas no Equador não devem ser reintegrados. As indenizações trabalhistas devem chegar ao valor de US$ 6 milhões, segundo o jornal.

'A empresa lamenta ter sido obrigada a demitir trabalhadores, bem como sua saída do Equador, depois de 21 anos de permanência no país', disse Luiz Antônio Mameri, vice-presidente da Odebrecht para a América Latina e Angola à reportagem.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS