BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

LEVINHO: Biscoito de polvilho doce, perfeito para acompanhar o café da tarde

Ele é muito fácil de fazer, não tem mistério nenhum. Misturou, modelou, assou e tá pronto!

COMIDINHAS DO CHEF

03 de Junho de 2020 às 14:52

Atualizada em : 03 de Junho de 2020 às 14:55

Foto: Divulgação

 

Cheio de versatilidade, o polvilho é um ingrediente muito utilizado na culinária brasileira. Para quem não sabe, o polvilho é derivado da mandioca, que passa por um processo mais refinado até se tornar esse ingrediente tão levinho.

 

Perfeita para acompanhar o seu café da tarde. Ele é muito fácil de fazer, não tem mistério nenhum. Misturou, modelou, assou e tá pronto! É muito rápido mesmo, inclusive você deve tomar cuidado até para não deixar eles passarem do ponto no forno, porque assa rapidinhos. A receita de biscoito de polvilho doce além de ser simples, é muito gostosa e derrete na boca, ideal para quem gosta de comer um biscoitinho a tarde ou para quem quer deixar dentro de um pote de vidro para ir petiscando durante o dia.

 

Eles duram até 4 dias e não murcham e nem ficam duros. Você pode até mesmo fazer o biscoito de polvilho doce para vender, basta colocar dentro de saquinhos, amarrar bem e colocar um adesivo com o prazo de validade. Também dá para adicionar coco ralado na massa ou colocar goiabada no meio deles para ficar igual de padaria. Faça agora mesmo! 

 
Ingredientes
 
500 g de polvilho doce
1 xícara (chá) de açúcar
250 g de margarina
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 ovos
1 colher (café) de fermento em pó
100 g de coco ralado (Opcional)
 
Modo de Preparo
 
- Junte todos os ingredientes numa tigela
 
- Misture com as mãos até obter uma massa bem lisa e homogênea
 
- Em seguida modele os biscoitinhos como preferir
 
DICA: Eu faço bolinhas e achato elas com um garfo
 
- Disponha os biscoitinhos numa forma, deixando um pequeno espaço de um paro o outro
 
- Leve para assar em forno preaquecido, 180ºC, até dourar em baixo dos biscoitos (APENAS EM BAIXO).
 
OBS.: Não tem necessidade de untar a forma.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS