ESPAÇO ABERTO: Senador Marcos Rogério garante que segue firme com candidatura ao governo

ESPAÇO ABERTO: Senador Marcos Rogério garante que segue firme com candidatura ao governo

Foto: Divulgação

CANDIDATÍSSIMO
 
O senador Marcos Rogério me disse ontem que é Fake News as informações de que ele poderia compor com o governador Marcos Rocha. Rogério explica que já tem um projeto consolidado para Rondônia e que vai trabalhar em cima disso.
 
CHAPA
 
O senador enfatizou ainda que vários ajustes ainda sendo feitos, inclusive com a anuência do presidente Bolsonaro. "O Presidente conhece a realidade de Rondônia, sabe do trabalho que queremos fazer e até prometeu ajudar na composição de nossa chapa" destaca Rogério.
 
INDICAÇÃO
 
Marcos Rogério afirma que seu candidato ao senado é o ex-senador Expedito Junior, mas isso pode mudar conforme as negociações que ocorrerem. "Expedito é um grande político e com propostas idênticas as nossas. Está fechado com nosso grupo e se dispõe até abrir mão da candidatura caso o presidente Bolsonaro venha a sugerir outro nome", explica o senador.
 
MARTELO
 
O senador argumenta que ainda esta semana terá reunião com Bolsonaro para discutir às eleições no Estado. Outros nomes ao senado e a vice-governador serão avaliados para que junto com a definição das nominatas, também seja definido o trio majoritário para disputar o governo. 
 
 
GRUPO FORTE
 
Deputado Laerte Gomes (PSDB) está com um pé no PSD e já articulando formação de nominata forte para o pleito de outubro.
 
LIDERANÇAS
 
Laerte diz que nos próximos dias será realizado evento em Ji-Paraná para consolidar a filiação dele e de outras lideranças. O grupo terá, segundo o deputado, ex-prefeitos, ex-deputados e presidentes de associações comunitárias.
 
GOVERNO
 
Laerte Gomes enfatiza que as filiações terão as presenças de Expedito Neto e do senador Marcos Rogério, candidato ao Governo de Rondônia pelo PL. "Vamos trabalhar para eleger, no mínimo, três deputados de nossa legenda", aponta Laerte.
 
 
AUMENTO
 
A Páscoa de 2022 deve ser um pouco melhor para o varejo do que a do ano passado. De acordo com a projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas no setor voltadas para a data deverão totalizar R$ 2,16 bilhões este ano, representando um aumento de 1,9% em comparação a 2021.
 
REDUZIU NA PANDEMIA
 
Ainda assim, caso seja confirmada a previsão, o resultado ficará 5,7% abaixo do alcançado antes do início da pandemia de covid-19, em 2019 (R$ 2,29 bilhões).
 
ANÁLISE
 
A  valorização do real viabilizou o aumento do volume de importação de chocolates, que avançou 8% (1,43 mil toneladas) em relação ao ano passado. A taxa de câmbio do produto mais consumido na data, que há poucos dias estava em 5,70 R$/US$, atualmente se encontra próxima aos 5,00 R$/US$, um recuo de mais de 12%.
 
OTIMISMO
 
Apesar do número ainda estar aquém das 1,87 mil toneladas de chocolates importadas em 2019, antes da pandemia, o presidente da CNC, José Roberto Tadros, avalia o avanço como positivo.
 
 
POUCO INTERESSE
 
Outro item muito procurado nos dias que antecedem a Páscoa, o bacalhau, por outro lado, teve retração de 17% no volume de importações.
 
ESTRATÉGIA
 
Para o economista da CNC responsável pela pesquisa, Fabio Bentes, o recuo é uma estratégia do varejo. “É um indício de que o setor está apostando na melhor saída de produtos mais baratos a partir da aceleração dos índices gerais de preços”, avalia.
 
 
SUBINDO
 
Ainda assim, a cesta de bens e serviços, composta por oito itens tipicamente consumidos durante a celebração, deverá ficar 7,0% mais cara do que no mesmo período de 2021 (na média, para um IPCA-15 na casa de 10,5%), representando a maior alta desde 2016, quando a variação foi de +10,3%.
 
PONTUAIS
 
Entre os produtos, bolos e azeite de oliva se destacam, tendo apresentado tendência de avanço de 15,1% e 12,6%, respectivamente, nos últimos 12 meses. “O reajuste da cotação de commodities, como o trigo, tende a afetar o preço de alguns alimentos, entre eles alguns típicos da Páscoa”, lembra o economista da
CNC.
 
CULTURA
 
A Prefeitura de Porto Velho promove, na primeira quinzena de abril, a reinauguração do Museu do Acervo Biológico, localizado no Parque Natural.
 
 
UM MÊS
 
As obras de revitalização do piso do museu começaram em 10 de março. O local também contará com pintura da fachada, atendendo a nova paleta de cores do parque. Segundo o titular da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Alexandro Pincer, foram investidos mais de R$ 43 mil nos serviços.
 
COLETÂNEA
 
O Museu do Acervo Biológico conta com itens cedidos de instituições universitárias. Em sua maioria são espécies da fauna amazônica em taxidermia e outros em forma úmida (conservado em álcool 70 e/ou formol).
 
 
VISITAÇÃO
 
A visitação individual pode ocorrer a qualquer hora dentro do horário de funcionamento. Em caso de visita coletiva (grupos) é necessário agendamento prévio através de ofício. Dois servidores da Sema ficam disponíveis para recepcionar o público.
 
SERVIÇO
 
O horário de funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 8h às 12h e das 14h às 17h. A entrada é gratuita.
 
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS