BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Prefeito precisa ter humildade e assumir que agiu errado

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

24 de Setembro de 2020 às 08:38

Atualizada em : 24 de Setembro de 2020 às 14:14

Foto: Divulgação

SEM NOVIDADE
 
O Prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), comunicou a população ontem, em uma Rede Social,  que o serviço de transporte coletivo parou de vez na cidade. Mas, estava funcionando?
 
EXPLICAÇÃO 
 
Disse o nobre Prefeito: “Nós sentimos informar que o transporte coletivo atual de Porto Velho parou de vez, ele já estava funcionando na UTI e os últimos dez carros que estavam funcionando pararam de vez”, falou Hildon Chaves. 
 
CULPA DA JUSTIÇA
 
De acordo com Chaves, a empresa que irá assumir o serviço em Porto Velho já poderia estar trabalhando se não fosse o imbróglio judicial que travou o processo contratual. O Prefeito explicou na Live que o contrato com a nova empresa atrasou 30 dias.
 
OPERAÇÃO
 
O Prefeito disse ainda que a nova empresa tem até o dia 19 de outubro para começar as atividades, mas em decorrência da gravidade da situação no máximo em duas semanas os ônibus estarão nas ruas de Porto Velho. 
 
CALO
 
Sem nenhum receio de errar, o Prefeito Hildon Chaves será amplamente cobrado durante a campanha política no que se refere ao transporte coletivo de Porto Velho. A cidade ficou de “pernas pro ar” várias vezes por conta das greves e paralisações.
 
CALO 2
 
É justo afirmar que o salve-se quem puder começou ainda na gestão Mauro Nazif quando foi decretada a caducidade do contrato que a cidade tinha com as empresas do setor. O problema é que Hildon levou quase toda a gestão para desatar o nó.
 
VIOLÊNCIA
 
A Polícia Militar, em Ji-Paraná, prendeu um homem por agressão. O covarde agrediu uma mulher de 35 anos a socos chegando a quebrar um dente da vítima.
 
VIOLÊNCIA 2 
 
Até aí não há nada de anormal, pois covarde safado que agride mulher aparece quase todos os dias. Infelizmente em muitos casos a falta de denúncia e penas brandas beneficiam os maricas.
 
VIOLÊNCIA 3 
 
A referência a esse caso específico é porque a mulher agredida saiu de Minas Gerais para conhecer o covarde safado aqui em Rondônia. O encontro foi marcado pela internet através de um aplicativo de namoro.
 
VIRTUAL
 
Milhões de pessoas em todo o Mundo usam aplicativos de paquera no entanto é preciso cautela quando as pessoas saem do virtual para o real. E isso vale para ambos. Pra conhecer um “corpo físico” na noite já é preciso prudência, imagina então pelas ondas virtuais.
 
DP  
 
O agressor safado foi preso e entregue à Justiça. Não vai ficar na cadeia e a essa hora, provavelmente, já deve estar procurando outra vítima .
 
AMAZÔNIA +21
 
Durante a terceira rodada de conversas online do Fórum Mundial Amazônia+21, realizada ontem,  o secretário Especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa),  Luiz Nabhan Garcia, disse que o debate é uma oportunidade ímpar de trazer soluções para a questão da Regulamentação Fundiária. 
 
 
DEFESA
 
Nabhan enfatizou que o Brasil tem 200 milhões de hectares da qual não se sabe quem é o dono. As terras precisam ser regularizadas, não apenas as públicas, mas as privadas, daí a importância da regularização, completou o Secretário. 
 
MAIS DISCUSSÕES
 
Até novembro, outros encontros virtuais serão realizados como parte dos preparativos para o Fórum Mundial Amazônia+21, que ocorrerá de 4 a 6 de novembro deste ano. A iniciativa tem o intuito de estimular debates sobre os desafios e as soluções para a Amazônia a partir de quatro eixos temáticos: negócios sustentáveis, cultura, financiamento dos programas e ciência, tecnologia e inovação.
 
PROTESTO
 
Consumidora foi no supermercado Irmãos Gonçalves da avenida Jorge Teixeira com 07 de setembro e saiu revoltada. A mulher postou em redes sociais que ficou 40 minutos escolhendo verduras, na hora de pesar as compras foi proibida de usar saquinhos ecológicos.
 
 
TROCOU
 
Ainda durante a manifestação, a cliente disse que largou outras compras que tinha feito e foi em outro supermercado que não pertence ao Grupo Irmãos Gonçalves. Nessa outra loja, o gerente teria permitido que a mulher usasse suas sacolas ecológicas. A cliente encerrou o desabafo nas redes sociais com a #sustentabilidade o IG é contra.
 
OUTRO LADO
 
A coluna entrou em contato com o supermercado Irmãos Gonçalves da avenida Jorge Teixeira. O gerente Fábio de Melo informou que desconhece o problema envolvendo a cliente.
 
DE VOLTA 
 
Thiago Tezzari retornou para a presidência da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano ( Emdur ). Fora do pleito eleitoral, Thiago reassume a função que lhe deu destaque na gestão Hildon Chaves.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS