MANIFESTAÇÃO: Pres. do TJ de RO diz que o sistema de urna eletrônica ‘é seguro e rápido’

Marcos Alaor Grangeia usou sua conta no Twitter para veicular mensagem aderindo a movimento espontâneo de juristas brasileiros

MANIFESTAÇÃO: Pres. do TJ de RO diz que o sistema de urna eletrônica ‘é seguro e rápido’

Foto: Divulgação

O desembargador Marcos Alaor Grangeia, presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO), veiculou mensagem em seu perfil oficial no Twitter após novo ataque do presidente da República Jair Bolsonar (PL) às urnas eletrônicas.
 
O mandatário da União se reuniu com 50 embaixadores na última segunda-feira (18) para “requentar” denúncias sem provas acerca do sistema eleitoral brasileiro.
 
Em seguida, diversos juristas Brasil afora, especialmente magistrados e promotores, passaram a veicular mensagens espontâneas, numa espécie de movimento coletivo em defesa do processo democrático pátrio.
 
Entre eles, Grangeia.
 
 
 
Diz o presidente do TJ/RO:
 
“Sou magistrado há 32 anos. Atuei como juiz eleitoral e fui presidente do TRE-RO ao longo desse anos. Nunca verifiquei indícios de irregularidades no sistema de votação e contabilização dos votos. Nosso sistema é seguro e rápido”, anotou.
 
Em seu perfil no Twitter, o juiz “curtiu” mensagem semelhantes de colegas de profissão.
 
@JJEdeSouza, por exemplo, escreveu:
 
“Sou promotor de justiça há 15 anos. Atuei como promotor eleitoral em 6 diferentes zonas eleitorais do TRE TO ao longo desse anos. Nunca verifiquei indícios de irregularidades no sistema de votação e contabilização dos votos. Nosso sistema é seguro e rápido”.
 
@AndreaMPacha, por sua vez, anotou:
 
“Sou magistrada há 29 anos. Presidi dezenas de eleições, em diversos municípios. As únicas experiências de fraude vieram das urnas de papel. A excelência do serviço, da lisura e da tecnologia do  @TSEjusbr  são motivos de orgulho. E garantia da liberdade de escolha e da democracia”.
 
@SchenkLuciana pontuou:
 
“Sou promotora há 26 anos e ainda peguei uma eleição de cédula , um horror! Atuei em várias eleições, nunca ouvi nada parecido ao que querem incutir na cabeça do eleitor. Nosso sistema é seguro sim. Trabalho  muito árduo e sério da justiça eleitoral!”.
 
Na última terça-feira, o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também se manifestou abordando o apoio de diversas instituições ao sistema eleitoral brasileiro.
 
Parte do texto assevera:
 
“O sistema de votação brasileiro é reconhecido por diversas instituições sociais, jurídicas, profissionais, de combate à corrupção eleitoral, entre outras, como seguro, transparente e auditável, bem como fundamental para a defesa e o fortalecimento da democracia. Os ataques direcionados à Justiça Eleitoral nos últimos anos fez com que esse apoio crescesse ainda mais, ganhando a forma de manifestações públicas de apoio de diversos segmentos sociais em favor da manutenção do estado democrático de Direito no país, sem qualquer possibilidade de rupturas”, acresce.
 
VEJA OUTROS DEPOIMENTOS SEMELHANTES BRASIL AFORA:
 
 
 
 
 
 
Direito ao esquecimento

Quando você acha que a área da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré será liberada ao público?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS