PRESENCIAL: Veja programação da V Mostra Sesc de Cinema em Porto Velho

Edição 2022 apresentará 31 filmes de diversas regiões do Brasil na mostra presencial

PRESENCIAL: Veja programação da V Mostra Sesc de Cinema  em Porto Velho

Foto: Divulgação

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, por meio do Sesc Rondônia, realizará de 11 a 24 de novembro a Mostra Sesc de Cinema – MSDC no Audicine do Sesc Esplanada, em Porto Velho.

 

O evento é uma das principais iniciativas de promoção do cinema independente no Brasil e, em sua quinta edição, recebeu mais de 1.600 inscrições. Em Rondônia, a mostra retoma sua programação presencial, proporcionando o encontro com os realizadores, o que é um destaque positivo e necessário desta edição.

 

Ao todo, 31 filmes serão exibidos gratuitamente no Audicine do Sesc Esplanada, além da realização de 2 oficinas na área audiovisual, lançamento de livro e apresentações musicais. As obras foram avaliadas por comissões estaduais formadas por profissionais do Sesc e especialistas convidados.

 

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE de Rondônia, Raniery Araújo Coelho, celebra o fato do retorno da mostra presencial e reafirma o compromisso do Sesc na promoção de programação cultural acessível para o público. “A Mostra Sesc de Cinema é uma iniciativa que nos dá muito orgulho, tanto a nível nacional quanto regional, pelo incentivo da nossa cultura nacional e dos novos talentos, em uma programação plural e gratuita. Esperamos que toda população portovelhense possa desfrutar desta edição, sobretudo os trabalhadores do comércio”, comenta Raniery.

 

Confira a programação de sexta e sábado (No domingo não tem atividade. O evento retorna na segunda,14)

 

DIA 11/11 – SEXTA-FEIRA

 


19h - Apresentação musical de Anderson Benvindo e Rinaldo Santos.  Recriação ao vivo da trilha sonora dos 03 curtas que serão exibidos na noite. LIVRE


19h - Caipora (RO), de Rafa Correia. 7min. “Caipora” surge em meados de 2019, enquanto pesquisa acadêmica, e segue como trabalho independente em desenvolvimento. Consiste em um processo de criação colaborativa, com dramaturgia autoral, partindo da lenda amazônica Caipora – Protetora da Floresta, mesclando em experimentações audiovisuais elementos estéticos da cultura ribeirinha e acontecimentos contemporâneos, trazendo à tona temas como regionalismo, violência contra a mulher, resgate histórico da identidade local e a relação do ser humano com a floresta. LIVRE


19h30A trajetória das plantas (RO), de Kelven Félix.  13min. Em um pacífico e unido ecossistema, a vida de plantas e insetos correm lado a lado em harmonia, até que a chegada de um forasteiro transforma para sempre o futuro de todos que vivem ali. LIVRE


20h - O medo das Árvores (RO), de Édier William. 15min. Uma reflexão poética sobre a natureza, a arte e o feminino por meio do registro do processo de pesquisa, desenvolvimento e produção do novo espetáculo de um grupo de teatro, que resiste e insiste em fazer arte na geografia verde e incendiada pela estupidez, a Amazônia. LIVRE

 

DIA 12/11 – SÁBADO


18h -  Do maravilhoso amazônico: o Cabeça de Cuia e a Mãe da Seringueira (RO), de Coletivo Vozes e EnCantos Amazônicos 9min. O documentário “Do Maravilhoso Amazônico” é costurado pelas narrativas de uma mulher seringueira, que trabalhou em seringais da Bolívia e de Rondônia.

 

Maria Francisca nos conta suas vivências em uma Amazônia misteriosa, povoada por seres encantados que realizam uma espécie de intermediação entre o mundo selvagem das florestas e o mundo sociocultural dos homens. LIVRE


18h30 - Santo Antônio das Cachoeiras (RO), de Joesér Alvarez. 33min. Animadoc. Sobre a localidade de Santo Antônio das Cachoeiras – onde foi fundada a 1ª Missão pelos jesuítas portugueses no rio Madeira.

 

O relato aborda algumas das descobertas arqueológicas feitas ultimamente, enfatizando as ocupações indígenas pioneiras, centenas de anos antes da chegada dos colonizadores, o desaparecimento da Vila de Santo Antônio, da Estrada de ferro Madeira-Mamoré e o impacto dos projetos de colonização e mineração energética que mudaram a paisagem local. LIVRE


19h - Lançamento do livro “Documentário em Rondônia: realizadores, filmes e contextos de produção”; e conversa o autor Juliano Araújo e o documentarista Joesér Alvares. 

Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS