ENCONTRO: CANOAR discutirá Rotinas Produtivas e Precarização do Jornalismo

Evento é gratuito e acontece nos dias 14 a 19 de novembro na Escola do Legislativo

ENCONTRO: CANOAR discutirá Rotinas Produtivas e Precarização do Jornalismo

Foto: Divulgação

 

O I Colóquio de Comunicação e Cultura na Amazônia Rondoniense - CANOAR, acontece nos dias 14 a 19 de novembro na Escola do Legislativo, em Porto Velho, e contará com a participação de estudantes, jornalistas, pesquisadores e demais profissionais da área da comunicação.
 
O CANOAR é uma realização do Departamento Acadêmico de Comunicação da Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR e, durante os seis dias de evento, ocorrerão discussões acerca da Comunicação em Rondônia e minicursos na área, além de uma Feira Cultural e Gastronômica, com expositores de Porto Velho. O CANOAR convida o leitor a navegar nas reflexões das mesas redondas e transbordar em pensamentos.
 
O quarto dia do evento, ocorrerá das 16h às 22h e contará com atividades culturais, com expositores e apresentações artísticas. A partir das 19h, os jornalistas Cláudia Nonato (CPCT/ECA-USP), Joana Suarez (Redação Virtual) e Rogério Christofoletti (UFSC, Observatório da Ética Jornalística) participarão da mesa redonda “Rotinas produtivas e precarização do Jornalismo”, sob a mediação da professora Andréa Cattaneo, da UNIR. 
 
A professora da Universidade Federal de São Paulo (USP) Claudia Nonato, declarou que o  jornalismo brasileiro, depois de atravessar um período de trevas, por ter sido muito desacreditado, de enfrentamento de fake news e de violência contra os jornalistas nos últimos anos, está em um importante momento de transformação. É parar para refletir e não repetir os erros desse passado tão recente.
 
Claudia afirma que “a introdução das novas tecnologias sobrecarregam sobre todas as outras estruturas do jornalismo”. E continua: "Também afetam o profissional do jornalismo, que se vê entre a precarização e a obrigação de produzir um bom jornalismo. Ou seja, é a partir das rotinas que o jornalismo se mantém”. 
 
 
Conheça os convidados do quarto dia do CANOAR
 
Cláudia Nonato
 
Jornalista com mais de 20 anos de experiência, editora executiva da revista Comunicação e Educação, estuda o Jornalismo a partir do perfil dos jornalistas e das mudanças no mundo do trabalho. É professora colaboradora na pós-graduação lato sensu "Mídia, Informação e Cultura" do CELACC (Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação), da ECA/USP. 
 
Joana Suarez
 
Joana Suarez é repórter investigativa, focada em direitos humanos, questões de gênero, socioambientais, saúde, bioética e educação. Atualmente, gerente de jornalismo (editora e repórter) na revista AzMina, um instituto de tecnologia e informação contra o machismo. 
 
Rogério Christofoletti
 
Rogério Christofoletti é professor e pesquisador do Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É membro da Comissão Editorial da revista, Subcoordenador de pesquisa do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC), faz parte do Conselho de Ética da Agência Lupa e pesquisa credibilidade jornalística. 
 
Premiação da Logomarca do Curso
 
Ao final do quarto dia, além das mesas de debate, haverá ainda, a premiação da logomarca do curso de Jornalismo, que completa 20 anos no Estado.
 
Segundo o professor Thales Henrique Nunes Pimenta, um dos responsáveis pela organização do evento e da premiação, a “essa ideia de fazermos um concurso de elaboração de marcas para o curso de Jornalismo surgiu em uma das primeiras reuniões da comissão organizadora do evento. A marca escolhida, além de ter sido feita por um dos nossos alunos, também será votada pelo próprio corpo discente, promovendo integração e senso de pertencimento à realidade do curso e da UNIR”.
 
Ainda de acordo com o docente, o concurso é uma oportunidade de permitir que os alunos e as alunas participem ativamente da história do curso, além de mostrar suas habilidades e talentos. Thales afirma que “é uma ação de caráter simbólico na qual o autor da marca eleita receberá certificação e um prêmio simbólico. Apesar de simples, esperamos que a ação seja uma maneira, entre muitas que virão, de mostrarmos a admiração e o respeito que temos pelas produções do nosso corpo discente, pois uma característica do curso que nós consideramos notável é a diversidade de habilidades, competências e talentos com os quais os nossos alunos e alunas chegam”.
 
Apoiadores do CANOAR
 
O CANOAR conta com parceiros importantes para a sua realização: Santo Antônio Energia, Escola de Magistratura do Estado de Rondônia - Emeron, Escola do Legislativo de Rondônia, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE, Federação do Comércio do Estado de Rondônia - Fecomércio-RO, Rondônia ao Vivo, Rede Evolução, Águas Kaiary, Cacau Show, Barracão do Jair, Churrascaria Paraná, Associação dos da UNIR - ADUNIR, Núcleo de Ciências Sociais Aplicadas da UNIR - NUCSA.
 
As inscrições para o CANOAR são gratuitas e podem ser realizadas através do site oficial do evento: www.canoar.unir.br
 
Para mais informações, siga a página oficial do evento no Instagram @canoar.unir
 
Serviço: 1º Colóquio de Comunicação e Cultura na Amazônia Rondoniense - CANOAR
 
Quando: de 14 a 19 de novembro
 
Onde: Escola do Legislativo de Rondônia. Rua Major Amarante, nº 390, Arigolândia - Porto Velho/RO - 76801-004
 
Inscrições: gratuitas pelo site www.canoar.unir.br
 
Público-alvo: jornalistas, publicitários, estudantes de Jornalismo/Publicidade e Propaganda, professores e público em geral.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS