ENCONTRO DAS ARTES: Zoghbi, Franciney e Geraldo Cruz expõem na Casa de Cultura Ivan Marrocos

ENCONTRO DAS ARTES: Zoghbi, Franciney e Geraldo Cruz expõem na Casa de Cultura Ivan Marrocos

Foto: Divulgação

Encerra na terça-feira,5, a coletiva Encontro da Artes, na Galeria Afonso Ligório, na Casa de Cultura Ivan Marrocos, com os artistas plásticos João Zoghbi, Franciney Vasconcelos (Pintura) e Geraldo Cruz (Escultura). A exposição está aberta ao público desde o dia 9 de março.

 

A ideia de realizar o “Encontro das Artes” surgiu, segundo Zoghbi, em um desses encontros de amigos em comum de uma boa conversa sobre as artes regionais e de grandes talentos da Região Amazônica, especificamente de Porto Velho. “Artes e talentos que se aproximam e formam uma linguagem única e simbólica na temática natureza exuberante”, destaca.

 

“Na verdade, essa exposição poderia também se chamar de “REENCONTRO DAS ARTES”, pelo fato desses artistas, a exemplo das águas do rio Negro, Solimões e o rio Amazonas se tocam se encontram e se reencontram, mas não se misturam. Suas técnicas ao passar dos anos se conversam, nas formas nos temas e nas cores, mas não se misturam”, afirma Franciney.

 

A Casa de Cultura funciona das 8 às 17h30 de segunda a sexta-feira; no sábado, das 9 às 14 horas. Está localizada na Avenida Carlos Gomes, 2454 – Caiari. Telefone de contato:(69) 3216-5138/ (69) 98491-4283

 

Conheça os artistas que participam da coletiva

 

Franciney Vasconcelos- Oriundo de Santarém no Pará, há mais de 40 anos em Porto Velho, apresenta traços firmes, delineando a flora e a fauna amazônica em tela, com respeitáveis e gigantescos painéis urbanos em quase toda à cidade. Agrega a seu currículo artístico lindas maquetes de barcos feitos em madeira recicladas, lembrando suas origens ribeirinhas.

 

 

É de tirar o fôlego os painéis artísticos e decorativos nas fachadas das empresas, colégios e igrejas, sempre com temas amazônicos e religiosos lembrando o grande mestre Afonso Ligório.

 

Geraldo Cruz

 

Cruz é um artista comprometido com sua época e busca, através das artes, contribuir com a qualidade de vida no nosso planeta. Há mais de 40 anos agrega em seu currículo de artes visuais muitos prêmios e exposições praticamente em todo Brasil.

 

 

Autor de diversa esculturas monumentais em várias cidades de Rondônia e belíssimos quadros de temas regionais de costumes, brincadeiras e folclore regional como: “Brincadeiras de Crianças”, o “Boi de Caixa” e O Gritos de Cantadores”. Nascido no seringal Juma no baixo Madeira, vem bebendo da fonte inesgotável de inspiração da Amazônia. 

 

J.Zoghbi

 

De Porto Velho capital de Rondônia, “artista beradeiro”, também jornalista, nascido na antiga maternidade Darcy Vargas na beira do rio Madeira. Descobrindo seu talento, há mais de 50 anos, sempre desenvolveu as artes em casa, na sala de criações de sua mãe, Dona Hilda. Ainda criança, aos seis anos de idade, começou no desenho, artesanato e pequenas esculturas de esponja.

 

 

É autodidata. Desde adolescente buscou nos ateliês de amigos e artistas adquirir conhecimento sobre todas as técnicas da pintura, ampliações de painéis, escultura de madeira e cimento, desenho artístico na área de ilustrações, caricatura, retrato e charge.

 

Desenvolve a arte escultórica em papel, na incessante colaboração de reciclar esse material, garrafas pets, objetos descartados pelo homem na natureza e transformando tudo isso em “arte amazônica”.

 

 

 

Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS