RONDONIENSE: Temas polêmicos marcam o single ‘Hipocrisia’ do artista Anderson Black

A canção faz parte do álbum Futuro, produzido por Édier William

RONDONIENSE: Temas polêmicos marcam o single ‘Hipocrisia’ do artista Anderson Black

Foto: Divulgação

 “Hipocrisia” é o novo clipe de A Black Z e já pode ser acessado no canal do cantor no YouTube (https://www.youtube.com/watch?v=Ovcs2hG3_8I).  A canção é o segundo single do álbum Futuro e aborda temas polêmicos e de ampla discussão e reflexão.

 

O álbum “Futuro” completo também pode ser acessado através das principais plataformas digitais. São 15 faixas com músicas que expressam todo o talento e diversidade do artista.

O objetivo do cantor é levar esperança ao coração de todo o arco-íris de pessoas que diariamente precisam enfrentar milhares de dedos apontados e olhares afiados. As músicas são um convite para toda a sociedade dançar conosco em uma festa de reflexão crítica, onde as diferenças não afastam, mas conectam.

 

Algumas músicas presentes no álbum fizeram parte do show intitulado “O Futuro de Anderson Black”, transmitido nos dias 27, 28, 29 e 30/04/21. A música “Futuro” é o principal carro-chefe desse trabalho musical. Com o clipe lançado em 01/05/21 a faixa já alcançou a marca de mais de 130k no canal oficial do cantor no YouTube (https://www.youtube.com/watch?v=iZPWYevcF6E ).



As canções de “Futuro” falam de sentimentos como amor, dores, amizade, discriminação e respeito, misturando os acordes melódicos e a poesia em cada letra. No ritmo do carimbó e outros gêneros musicais é possível fazer reflexões que nos mostram a urgência de um novo olhar ao nosso redor.



O álbum Futuro está presente em todas as plataformas digitais e pode ser acessado através do link: https://ablackz.hearnow.com/.



Sobre A Black Z


Anderson Ferreira, é um homem preto gay, filho de mãe solo, que nasceu no Maranhão, mas se tornou rondoniano quando a mãe veio para procurar o pai do cantor, que anteriormente viera para Rondônia em busca de novas oportunidades. Nunca o encontraram.



A Black Z descobriu na música uma válvula de escape para toda a pressão que ser preto, pobre e gay provoca em uma pessoa. Com sua voz potente fez covers de Tim Maia, tocou em bares, casamentos e outras festas.

 

Em 2019 conheceu seu produtor Édier William e juntos começaram a produzir o primeiro álbum do cantor: Futuro, que estreia e faz parte dessa nova fase na vida do cantor.

 

O projeto foi selecionado no edital nº 86/2020/Sejucel-Coec - 1ª edição Marechal Rondon, edital de chamamento público para publicação e difusão de expressões culturais – Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc) Eixo II, Item XI – Governo de Rondônia e Governo Federal.

 

Autor: Eliana Viana
 

 

 

 

 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS