BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

INCENTIVO: Arte e literatura ajudam as crianças a criarem empatia para serem felizes

O livro trata da questão dos refugiados

Brinquebook

24 de Abril de 2020 às 11:11

Atualizada em : 28 de Abril de 2020 às 09:07

Foto: Divulgação

Criar filhos empáticos é fundamental não apenas para vivermos num mundo melhor para todos, mas também para que nossas crianças tenham uma vida plena e feliz.

As artes e a literatura são importantes espaços para ampliar a capacidade subjetiva de “vestir os sapatos dos outros”.

Aqui, o livro ‘Eu Sou uma Noz’ ajuda a alimentar essa habilidade nos jovens leitores.

 

EU SOU UMA NOZ

 

Autora:Beatriz Osés
Ilustrador: Jordi Sempere
Temas: imigração / refugiados / solidariedade /
convivência social / identidade / astúcia
Faixa Etária: A partir de 8 anos

 

Eu sou Omar e sou uma noz! Omar “cai” no quintal de uma advogada, vindo de um lugar longínquo, num barco-noz que naufragou. Sua tarefa: sobreviver e convencer um juiz de que, por ser uma noz, precisa ficar com Marinetti, uma advogada solitária e briguenta que deseja cuidar dele. Quando a realidade é absurda, um menino-noz faz todo sentido.

 

POR QUE LER: Ganhador do selo Seleção da Cátedra Unesco de Literatura, esse livro trata do tema dos refugiados com muita delicadeza, bom humor e usando diversos recursos da linguagem gráfica. Além disso, a história se desenrola a partir de diversos pontos de vista e vozes. Sobrevivendo, Omar trouxe vida a uma comunidade e revelou não apenas suas origens, mas também a de todos nós: quem nunca teve asas de borboleta, voou feito passarinho ou se sentiu um pêssego ou, quem sabe, nasceu castanha sem saber?

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS