INCENTIVO: Arte e literatura ajudam as crianças a criarem empatia para serem felizes

O livro trata da questão dos refugiados

INCENTIVO: Arte e literatura ajudam as crianças a criarem  empatia para serem  felizes

Foto: Divulgação

Criar filhos empáticos é fundamental não apenas para vivermos num mundo melhor para todos, mas também para que nossas crianças tenham uma vida plena e feliz.

As artes e a literatura são importantes espaços para ampliar a capacidade subjetiva de “vestir os sapatos dos outros”.

Aqui, o livro ‘Eu Sou uma Noz’ ajuda a alimentar essa habilidade nos jovens leitores.

 

EU SOU UMA NOZ

 

Autora:Beatriz Osés
Ilustrador: Jordi Sempere
Temas: imigração / refugiados / solidariedade /
convivência social / identidade / astúcia
Faixa Etária: A partir de 8 anos

 

Eu sou Omar e sou uma noz! Omar “cai” no quintal de uma advogada, vindo de um lugar longínquo, num barco-noz que naufragou. Sua tarefa: sobreviver e convencer um juiz de que, por ser uma noz, precisa ficar com Marinetti, uma advogada solitária e briguenta que deseja cuidar dele. Quando a realidade é absurda, um menino-noz faz todo sentido.

 

POR QUE LER: Ganhador do selo Seleção da Cátedra Unesco de Literatura, esse livro trata do tema dos refugiados com muita delicadeza, bom humor e usando diversos recursos da linguagem gráfica. Além disso, a história se desenrola a partir de diversos pontos de vista e vozes. Sobrevivendo, Omar trouxe vida a uma comunidade e revelou não apenas suas origens, mas também a de todos nós: quem nunca teve asas de borboleta, voou feito passarinho ou se sentiu um pêssego ou, quem sabe, nasceu castanha sem saber?

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS