MENTIU: Pastor André Valadão mente sobre intimação do TSE para desmentir fake news

O deputado federal Alexandre Frota (Pros-SP) diz que apresentou denúncia ao ministro Alexandre de Moraes, presidente do TSE, para que seja apurado se houve crime eleitoral, após mentira divulgada pelo pastor

MENTIU: Pastor André Valadão mente sobre intimação do TSE para desmentir fake news

Foto: Divulgação

 

O deputado federal Alexandre Frota (Pros-SP) afirmou que apresentou uma denúncia ao Tribunal Superior Eleitoral contra o pastor André Valadão, nesta quinta-feira (20/10), após o religioso ter mentido que foi intimidado pelo TSE. Segundo Frota, o pastor bolsonarista pode ter apresentado uma decisão judicial falsa com fins eleitorais. Falsificar documento público com este fim é crime eleitoral com pena que pode chegar a seis anos de reclusão.

 

Na noite desta quarta, Valadão usou as redes sociais para fazer retratações em relação a informações falsas divulgadas por ele sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo ele, o TSE teria determinado que ele fizesse o vídeo. Na publicação, ele segura um documento que seria a intimação do ministro Alexandre de Moraes, presidente da corte eleitoral. A informação, no entanto, é falsa. De acordo com o TSE, não existe essa intimação.
 
Segundo Frota, a intenção de Valadão foi de diminuir o peso de decisões judiciais em período eleitoral. "Acabei de protocolar denuncia contra o Pastor André Valadão onde ontem ele apresentou uma decisão judicial falsa, para fins eleitorais, isso é crime", disse.
 
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS