MILAGRE: Economia da Venezuela deverá crescer cerca de 20% este ano

O aumento na produção de petróleo “desencadeia uma recuperação impressionante do PIB do país”

MILAGRE: Economia da Venezuela deverá crescer cerca de 20% este ano

Foto: Divulgação

 
A economia da Venezuela pode vivenciar um “verdadeiro milagre econômico“, segundo avaliação de Alberto Rojas, do Credit Suisse, publicada no portal Bloomberg.
 
O aumento na produção de petróleo “desencadeia uma recuperação impressionante do PIB do país”, que sofreu um declínio dramático em meio às sanções dos EUA, disse Rojas.”Não são erros de digitação”, escreveu o economista, ressaltando que o crescimento da Venezuela pode estar entre “os mais fortes do mundo nos últimos anos”.
 
O analista acrescentou que a arrecadação de impostos em dólares em 2022 pode ter um enorme crescimento de mais de 40%, enquanto as importações do país podem crescer mais de 15%.
 
Enquanto isso, a Venezuela registrará um superávit em conta corrente de cerca de US$ 4 bilhões (R$ 18,7 bilhões). A economia do país latino está sob forte pressão nos últimos anos, com a situação se deteriorando severamente depois que os EUA aplicaram sanções ao país em 2019. 
 
As penalidades atuais colocam a Venezuela em quinto lugar nas classificações globais das nações mais sancionadas. Na época, os EUA e seus aliados reconheceram o líder da oposição Juan Guaidó como o presidente legítimo do país, após alegações de fraude eleitoral. Washington então ordenou o congelamento de todos os ativos do governo venezuelano nos EUA, proibindo transações com cidadãos e empresas dos EUA. O Reino Unido juntou-se ao boicote ao congelar as reservas de ouro do país mantidas no Banco da Inglaterra.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS