EUA: Líder religioso anti-vacina morre aos 64 anos, vítima de Covid-19

Nos últimos programas, seu filho, Jonathan Lamb, assumiu a posição de apresentador

EUA: Líder religioso anti-vacina morre aos 64 anos, vítima de Covid-19

Foto: Divulgação

Fundador da rede de televisão cristã Daystar, o líder religioso Marcus Lamb faleceu nesta terça-feira (30). Em inúmeros programas, Lamb se posicionou abertamente contrário à vacinação contra a Covid-19, adotando uma política negacionista. O líder religioso morreu aos 64 anos, algumas semanas depois de contrair o vírus. 
 
A informação foi comunicada ao público através das redes sociais da Daystar. Em publicação, a companhia pediu que o luto e a privacidade da família de Lamb fosse respeitado. 
 
Nos últimos programas, seu filho, Jonathan Lamb, assumiu a posição de apresentador. Ele chegou a pedir orações para seu pai, que estava internado no hospital. Ainda, afirmou que a doença era um "ataque espiritual do inimigo". 
 
A esposa do líder religioso, Joni Lamb, que esteve ao seu lado durante a internação, disse que a doença é uma "montanha-russa". "É como se ele estivesse bem e tudo está ótimo e aí ficamos mais calmos, e depois ele fica pior de novo", disse. 
 
Joni Lamb ainda agradeceu as preces dos espectadores e fãs de seu marido: "nós realmente conseguimos sentir as orações das pessoas. Rezem para que os pulmões dele fiquem livres de Covid", afirmou. 
 
A comunidade científica atesta que a vacinação permanece sendo a medida mais eficaz contra a pandemia da Covid-19. 
Direito ao esquecimento

Você concorda que quem não se vacinou deveria pagar mais impostos?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS