BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PANDEMIA: Governo do Amazonas fecha shoppings, academias e serviços não essenciais

Restaurantes funcionarão na modalidade drive thru até as 21h

PORTAL DO HOLANDA

23 de Dezembro de 2020 às 16:11

Atualizada em : 24 de Dezembro de 2020 às 09:00

Foto: Divulgação

O governo do Amazonas decidiu fechar o comércio não essencial pelos próximos 15 dias no estado. O novo decreto começa a valer a partir do dia 26 de dezembro e vai até o próximo dia 10 de janeiro de 2021. O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima durante uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (23), na sede do Governo, na Zona Oeste.
 
Lima explicou que apenas serviços considerados essenciais como padarias, mercados, farmácias, distribuidora de água e gás poderão continuar funcionando.
 
Restaurantes funcionarão na modalidade drive thru até as 21h. Eventos, reuniões, casamentos, formaturas e etc, estão proibidos durante esse período.
 
O transporte de passageiros intermunicipal e fluvial seguirá funcionando com número limitado e fiscalizações. As medidas relacionadas às festas clandestinas também ficarão mais rígidas.
 
No caso das igrejas, o governador disse que ainda está conversando com os representantes das mesmas, mas a legislação permite que as igrejas sigam funcionando com 30% da capacidade total, fazendo uso de máscaras e álcool em gel, além de cumprir todas as medidas de distanciamento. 
 
Em caso de flagrantes, os equipamentos, bebidas e demais itens devem ser apreendidos. Wilson Lima explicou que a medida foi necessária por conta do aumento de casos e mortes por Covid-19 em todo o estado. O decreto é válido para capital e municípios.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS