BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

RITUAIS MACABROS: Homem é preso após manter companheira em cárcere privado e ameaçá-la

A vítima precisou receber atendimento médico devido aos hematomas sofridos

MSN

10 de Novembro de 2020 às 13:48

Foto: Divulgação

 

MSN - Um homem de 28 anos foi preso em Campo Florido, no Triângulo Mineiro, na segunda-feira (9) e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Uberaba. Ele é suspeito de manter, há cerca de três meses, a companheira, de 23 anos, em cárcere privado, num sítio. No local, foi apreendida uma arma de fogo e munições.

De acordo com a PM, ele agredia fisicamente e torturava psicologicamente a mulher, dizendo que tinha vontade de picá-la em pedaços e depois mandá-los à família dela em Pernambuco. Segundo informações, a PM descobriu o crime depois que foi acionada por uma amiga da vítima, que teria recebido fotos de ferimentos e encaminhado as imagens aos policiais.
 
Conforme relato da mulher, além de já ter sido espancada, o suspeito teria cortado seu cabelo com uma faca. Durante as agressões picológicas, ainda segundo informações do registro policial da PM, o suspeito teria dito que já matou uma travesti e colocou fogo nela enquanto estava viva. Ele disse que o corpo foi escondido. Além disso, dizia que iria matá-la porque tinha 'sede de sangue'.
 
 
De acordo com relato do suspeito à polícia, ele confirmou que cortou o cabelo da mulher em um momento de raiva, mas disse que a levou depois em um salão para consertar o estrago. Ele falou também aos policiais que a companheira tem 'cabeça fraca' e usa medicamentos controlados. 
 
Durante a confecção da ocorrência, a vítima precisou receber atendimento médico devido aos hematomas sofridos. O Conselho Tutelar acompanha o caso, pois o casal tem um bebê de apenas três meses.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS