BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ARTIGO: Suspensão de desconto de consignado ainda não foi sancionado pelo prefeito - Por Valdemir Caldas

Por Valdemir Caldas

Por Valdemir Caldas

16 de Abril de 2020 às 10:55

Foto: Divulgação

Apesar de ter sido votado segunda-feira (6), em duas sessões – uma ordinária e outra extraordinária -, o Projeto de Lei nº. 4.028/2020, de autoria do presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, vereador Edwilson Negreiros, que faculta aos servidores ativos, inativos e pensionistas do município de Porto Velho, suspenderem os contratos relativos a empréstimos consignados em folha de pagamento, durante o período de Calamidade Pública, decretado pelo prefeito Hildon Chaves, até amanhã desta sexta-feira (10) ainda não tinha sido sancionado pelo chefe do Poder Executivo.

 

Em contato com a coluna, o chefe de gabinete do presidente, Ronaldo Borge, garantiu que Edwilson vai se reunir com o prefeito Hildon Chaves, segunda-feira (13), para solicitar que ele sancione logo o Projeto de Lei, antes do fechamento da folha de abril, o que deverá acontecer, no máximo, até quarta-feira (15), para evitar que os servidores sejam prejudicados. A proposta foi bem recebida pela categoria, apesar de alguns servidores acharem que a suspensão poderia ser feita pela internet. Assim, ninguém precisava procurar a Secretária Municipal de Administração – SEMD para fazer o pedido, evitando aglomeração.    

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS