BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

IMPROBIDADE: Vereadora ameaça enquadrar secretário

COLUNA

15 de Agosto de 2017 às 09:39

Foto: Divulgação

Por mais que o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, pretenda dirigir o município dentro da lei, parece que nem todos os seus colaboradores comungam desse proposito. Prova disso pode ser observado na conduta do Secretário Municipal de Saúde, segundo denunciou a vereadora Ellis Regina, em discurso da tribuna da Câmara Municipal, na sessão de segunda-feira (14).

Uma lei federal diz que o gesto do Sistema Único de Saúde no âmbito municipal deve apresentar, trimestralmente, ao Conselho de Saúde e em Audiência Pública, na Câmara Municipal, relatório minucioso de prestação de contas para análise e divulgação, informando, dentre outros dados, o montante e a fonte dos recursos aplicados.

De acordo com a vereadora Ellis, o secretário de saúde, Alexandre Porto, desrespeitou a lei, pois, até agora, não apresentou o Relatório de Gestão referente aos três primeiros meses deste ano, importando, seu ato, em crime de improbidade administrativa, de cujo assunto prometeu cuidar, pessoalmente, caso o secretário continue fingindo-se de morto para enganar o coveiro.

Como escrevi em artigo anterior, o problema da SEMUSA não é falta de recursos, mas, sim, de competência. O prefeito Hildon Chaves precisa cerca-se de auxiliares que possuam conhecimento do terreno onde pisa. Colocar de lado os laços de amizade e nomear para a saúde alguém capaz de encontrar soluções adequadas para os seus multiformes problemas.

O sistema de saúde municipal está entregue às baratas, mas parece que só o doutor Hildon não consegue enxergar a realidade, insistindo em manter em posto estratégico de seu governo, fala-se por mero capricho, uma pessoa que não consegue transpor as fronteiras do discurso à ação, enquanto milhares portovelhenses, para os quais o candidato Hildon Chaves prometeu fazer uma administração completamente diferente de todas as outras, padecem nas filas das unidades de saúde.

Espero que a vereadora Ellis Regina leve adiante seu propósito. Quem a conhece garante que ela não é do tipo que faz barulho para agradar a plateia. Quando resolve colocar o dedo num cancro, só descansa depois que extirpa o mal pela raiz.  Em sendo verdade, o secretário Alexandre Porto estará em maus lençóis.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS